header top bar

section content

Religioso de Cajazeiras se posiciona a favor da redução da maioridade penal e pede união

Ele comentou que o menor será punido em casos de crimes hediondos a partir de 16 anos.

Por

02/07/2015 às 17h28

Em seu comentário “Direto ao Ponto” nesta quinta-feira (02) para a TV Diário do Sertão, o padre Francivaldo Albuquerque comentou a aprovação da redução da Maioridade Penal.

O padre Francivaldo explicou que há ressalvas nesta aprovação, pois não serão todos os crimes que os menores serão penalizados.

Ele comentou que o menor será punido em casos de crimes hediondos a partir de 16 anos.

O religioso se posicionou a favor da redução da maioridade penal e defendeu ações enérgicas no combate a criminalidade, além da união de todos, especialmente da sociedade civil.

Leia também:

Presidente da câmara consegue nova virada e Câmara aprova redução da maioridade penal

DIÁRIO DO SERTÃO

CADASTRAMENTO

VÍDEO: Prazo final para biometria na região de Catolé do Rocha é antecipado, e Justiça alerta eleitores

MITO DA INTERNET

VÍDEO: Fenômeno Gleyfy Brauly bate recorde de audiência no Xeque-Mate e canta sucessos no ‘imbromation’

CALDEIRÃO POLÍTICO

VÍDEO: Aliado releva que dois vereadores de oposição estão rasgando elogios ao prefeito Airton Pires

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe o professor Sérgio Cunha divulgando o IV Open paraibano de Karatê; Confira!