header top bar

section content

Pastor de Cajazeiras discorda de “beijo gay” exibido pela Globo e diz: “Deus abomina”

O Pastor declarou que a Globo deve ser auditada, não censurada, mas certos conteúdos devem passar por critérios.

Por

18/03/2015 às 17h47

 

O Pastor da Igreja Renascer em Cristo, da cidade de Cajazeiras, Eduardo Maranhão comentou nesta quarta-feira (18), os ‘males’ da nova novela global, Babilônia.

De acordo com o Pastor, o próprio nome Babilônia remete a ‘malignidade’ na Terra. Ele destacou que o objetivo da novela e trazer os conflitos sociais e disse discordar do “beijo gay” no primeiro capítulo da novela.

“As pessoas confundem homossexualismo com homofobia. Ser homofóbico é agredir a pessoa. As cenas da novela têm o objetivo de induzir as pessoas. Tem que ter a análise de restringir”. Criticou o Pastor

Eduardo Maranhão comentou que uma pessoa de 60 anos, que teve uma vida tradicional não apareceria em público beijando outra mulher. “Isso não tem lógica, mas a intenção é pegar um adolescente, que vai achar que pode fazer o mesmo”.

O Pastor declarou que a Globo deve ser auditada, não censurada, mas certos conteúdos devem passar por critérios. “Ela estar dentro dos lares induzindo as pessoas”.

Segundo ele, o homossexualismo sempre existiu, porém, nunca existiu permissão de Deus. “Desde que existe o homem existe a promiscuidade, mas Deus abominou isto”

Veja mais: 

►Na Paraíba: Vereador do Sertão apresenta “Moção de Repúdio” contra Rede Globo por cenas que fere a família

Ouça áudio do Pastor de Cajazeiras!

O que é?

Babilônia foi a capital da Suméria, na antiga Mesopotâmia, que atualmente é o Iraque. Babilônia significa "Porta de Deus", e os judeus dizem que é um termo de origem hebraica, que significa confusão, e inclusive aparece na Bíblia.

Babilônia foi um império, que fez história, principalmente com o Rei Nabucodonosor, e teve um papel fundamental na história da Mesopotâmia. A Babilônia era uma cidade muito avançada para a sua época, desde os primórdios, seus habitantes tinham grandes conhecimentos sobre agricultura, arquitetura, astronomia etc. O primeiro rei foi Hamurabi, que influenciou até os dias de hoje, pois foi ele que criou a divisão do dia em 24 horas e da hora em 60 minutos.

DIÁRIO DO SERTÃO

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan