header top bar

section content

Papa francisco nega nomeação de mulheres cardeais: "Devem ser valorizadas, não clericalizadas"

¨Quem está a pensar em mulheres cardeais está a sofrer de clericalismo¨, declarou.

Por

16/12/2013 às 08h51

Desvalorizando as notícias veiculadas por alguns meios de comunicação que dão conta da possibilidade de o Papa Francisco vir a nomear mulheres cardeais como parte da reforma da Igreja, o próprio afirmou que as "mulheres, na Igreja, devem ser valorizadas, não clericalizadas".

Em entrevista ao jornal italiano La Stampa, o Sumo Pontífice disse não perceber a origem dos boatos.

"Não sei de onde é que isso veio. Quem está a pensar em mulheres cardeais está a sofrer de clericalismo", declarou.

Quanto às acusações de que as suas posições sobre a economia são "marxistas"(feitas, nomeadamente, pelos setores mais conservadores do Estados Unidos), o Papa disse que, apesar de não o ser, também não se sente ofendido.

"A ideologia marxista é errada. Mas ao longo da minha vida conheci tantos marxistas que são boas pessoas, que não me sinto ofendido", concluiu.

A Bola PT 

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan