header top bar

section content

Padre da Diocese de CZ dispara sobre a Lei da palmada:¨ditadura militar já caiu¨ Confira!

Segundo o padre, ninguém educa batendo ou criando normas duras.

Por

26/12/2011 às 10h43

O padre Humberto Mangueira, da Diocese de Cajazeiras, que atualmente está na região do Vale do Piancó, falou a imprensa, referente à sua opinião no que diz respeito à Lei da palmada.

Neste mês de Dezembro em Brasília, a Câmara dos Deputados, aprovou por unanimidade a Lei das Palmadas, que proíbe castigos físicos a crianças no ambiente familiar.

Segundo o padre Humberto, ninguém educa ninguém batendo ou com a criação de normas duras, pelo contrário, você educa as pessoas amando.

Padre Humberto afirmou que no Brasil, deveria ter mais escolas para educar as crianças, uma saúde melhor, o Estado deveria oferecer uma melhor condição de vida dos pais, para que estes pudessem proporcionar uma melhor qualidade de vida para seus filhos.

“No entanto, estão fazendo leis para trazer castigo, afinal a ditadura militar já caiu, devemos oferecer educação e não castigo”, frisou o padre.

Ouça o áudio de Padre Humberto!

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula