header top bar

section content

5ª Caravana do Coração atende mais de 1400 pacientes em nove dias de ação

O projeto é desenvolvido pelo Governo da Paraíba, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), em parceria com a ONG Círculo do Coração.

Por Priscila Belmont

04/07/2017 às 17h44

Caravana do Coração - foto: Flaviana Maribondo

A 5ª Caravana do Coração chegou à cidade de Esperança nesta terça-feira (4), onde realizou 190 atendimentos. Foi o nono dia da ação que prossegue até o próximo sábado (8), totalizando 13 cidades paraibanas. Nesses nove dias, foram atendidos 1.464 pacientes, entre crianças com problemas no coração; mulheres com gravidez de risco e crianças com microcefalia, de 143 municípios que são polarizados pelas cidades por onde a caravana passa. O projeto é desenvolvido pelo Governo da Paraíba, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), em parceria com a ONG Círculo do Coração.

“A Rede de Cardiologia Pediátrica, incluindo a Caravana do Coração, só existe aqui na Paraíba e foi feita somente com recursos do povo do nosso estado. Nós não recebemos um centavo de ninguém”, lembrou o governador Ricardo Coutinho, nesta segunda-feira (3), durante o programa “Fala Governador”, transmitido pela Rádio Tabajara, todas as segundas-feiras, a partir do meio-dia.

O governador informou ainda que a Rede de Cardiologia Pediátrica já realizou 600 cirurgias cardíacas em crianças. “É uma marca extraordinária, que me deixa extremamente feliz. Atualmente na Paraíba, toda criança que nasce, em 24 horas, faz uma série de exames, entre eles o teste do coraçãozinho; se tiver alguma alteração, é encaminhada para a Rede e tratada com a urgência que o caso necessita. Antes, se morria sem nem saber o motivo, muitas vezes. Nós fomos finalistas, com este programa, na premiação da ONU para gestão pública”, ressaltou.

Nesta edição, a Caravana começou no dia 26 de junho e vai até o dia oito de julho, iniciando por Cajazeiras e seguiu por Sousa, Catolé do Rocha, Pombal, Patos, Itaporanga, Princesa Isabel, Monteiro e Esperança. Ainda percorrerá os municípios de Picuí, Guarabira, Itabaiana e Mamanguape, onde haverá o encerramento neste sábado (8).

Este ano, a equipe conta com quase 100 profissionais. É formada por médicos, enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais, professores, estudantes universitários e, desta vez, passou a contar com obstetras, porque, pela primeira vez, passou a oferecer monitoramento e acompanhamento de gestantes de alto risco, com o objetivo de diminuir a mortalidade materna na Paraíba.

Programação:
05/07 – Picuí
06/07 – Guarabira
07/07 – Itabaiana
08/07 – Mamanguape

Edições anteriores:

2013 – primeira edição – foram visitados oito municípios paraibanos e atendidos pouco mais de 500 pacientes.
2014 – segunda edição – 13 municípios – mais de 1.000 pacientes
2015 – terceira edição – 13 municípios – mais de 1.000 pacientes
2016 – quarta edição – 13 municípios – 10.793 procedimentos, beneficiando 1.908 pacientes (1.349 crianças, 241 gestantes e 318 adultos), de 176 municípios paraibanos. Foram encaminhados 100 pacientes para avaliação genética por suspeita de microcefalia. Destes, 53 tiveram confirmação da microcefalia e 29 apresentaram outras malformações (síndromes genéticas). Os demais pacientes não apresentaram malformações. Além desses, ainda foram identificados 11 fetos com anomalias que podem estar relacionadas ao vírus Zika.

Os atendimentos realizados incluem: enfermagem, cardiologia, eletro e ecocardiografia pediátrica, ultrassonografia fetal e eco fetal, genética, fisioterapia, fonoaudiologia, nutrição, serviço social, saúde bucal (avaliação e aplicação de flúor), psicologia e laudo final. Todo o serviço é informatizado, da recepção até o laudo final.

Secom

ALÍVIO

VÍDEO: Presidente da OAB de Cajazeiras afirma que a Comarca de Bonito de Santa Fé não será mais fechada

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa com a participação dos membros da Igreja Rei dos Reis

CADASTRAMENTO

VÍDEO: Prazo final para biometria na região de Catolé do Rocha é antecipado, e Justiça alerta eleitores

MITO DA INTERNET

VÍDEO: Fenômeno Gleyfy Brauly bate recorde de audiência no Xeque-Mate e canta sucessos no ‘imbromation’