header top bar

section content

Universitários de Cajazeiras realizam projeto para atender gratuitamente nas áreas de Saúde e Direito

O projeto tem a intenção de realizar dinâmicas acerca dos direitos e deveres do cidadão, e atendimentos básicos à saúde. Confira tudo aqui!

Por Luzia de Sousa

06/05/2016 às 10h41 • atualizado em 06/05/2016 às 11h26

Exemplo do Bem por alunos de universidades da cidade de Cajazeiras

Os alunos Rayllene Mendes de Holanda (DIREITO-FAFIC) e o aluno Lucas Caldas de Araújo (MEDICIMA-FSM) desenvolveram um projeto de assistência médica-jurídica gratuito as pessoas que necessitam desse atendimento.

VEJA TAMBÉM

»Homem volta a se acorrentar em frente ao fórum para clamar por remédio para a filha

»Desesperado, pai se acorrenta em frente ao Fórum de Uiraúna para conseguir leite para a filha. Fotos e áudio!

» Vereador quer processar médico acusado de maltratar mulher e criança no HUJB

» Diretora do HUJB fala sobre morte de criança e atendimento que virou caso de polícia

O projeto pioneiro é desenvolvido em Cajazeiras

O projeto pioneiro é desenvolvido em Cajazeiras

Coordenados pelos professores: Bruno Menezes, Cristiana Russo Lima e Everton Moraes, os alunos de Direito: José Ellder Araújo, Iasmin da Silva Lucena, Matheus Oliveira Lacerda, Jarismar Pereira Segundo, Francisca Naiara de Almeida, Ana Heloísa Cavalcante, Maria Uyamara Sobral, Thereza Kristina Cesar, Herbeth Viana Rocha, Janayna de Sousa Leal, Gabriela Rodrigues Rolim e Larissa Galdino Farias, assim como os alunos de Medicina: Juliana Rodrigues Rolim, José de Arimatéa Muniz, Anne Louyse Andrade, Daniel Lucas Santos, Rízia Ferreira Ivo, Rodrigo Rufino Pereira, Gabriel Ferreira Feijó, Leandro Moura Fé, Alana Garcia, Fabiane Gomes, Erik Lafitt, Reginaldo Filho, Pedro Callou e Yves Bezerra, irão realizar atividades com as crianças e os adolescentes tomando por base as diretrizes apontas no Estatuto da Criança e do Adolescente, assim como trabalharão em tratar sobre a regulação dos direitos assegurados ao idoso, como o gozo de todos os direitos fundamentais, dando continuidade com as presidiárias da cadeia feminina da cidade.

O projeto tem a intenção de realizar dinâmicas acerca dos direitos e deveres do cidadão, e atendimentos básicos à saúde. O Diário do Sertão irá acompanhar esse projeto, para que o cidadão tome nota dessa grande prestação de serviços, que será prestada por alunos universitários da FAFIC e FSM, sem vínculos lucráticios, apenas com a intenção de ajudar o próximo desamparado, assim como poderão crescer humanamente.

DIÁRIO DO SERTÃO com Assessoria

EMPODERAMENTO

VÍDEO: Associação dos Ciclistas de Cajazeiras promove neste final de semana pedal dedicado às mulheres

OUTRO LADO

Secretário de saúde diz que verbas federais serão mantidas e que o SAMU de Cajazeiras não vai fechar

PRECONCEITO

EM CAJAZEIRAS: Gari revela que as pessoas negam água e restaurantes proíbem entrada para comprar marmita

ABANDONADO

VÍDEO: Após saber da morte da mãe, homem passa fome nas ruas de Cajazeiras e faz apelo emocionante para voltar pra casa