header top bar

section content

Presidente do Sousa se irrita com CBF e diz que decisão do time jogar fora foi “cruel”

“Estarrecido. Tirar o direito do Sousa jogar na sua cidade foi cruel demais”, escreveu Aldeone.

Por Luzia de Sousa

04/06/2016 às 17h12 • atualizado em 04/06/2016 às 19h25

Vereador Sousense Aldeone Abrantes (Foto: Diário do Sertão)

O presidente do Sousa, o vereador Aldeone Abrantes usou as redes sociais para neste sábado (4), para contestar a decisão da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), que marcou para o Estádio Amigão, em Campina Grande, o jogo entre Sousa e Globo FC, que marca a estreia das duas equipes na Série D do Campeonato Brasileiro.

Apesar da equipe sousense ter o estádio Marizão liberado, inclusive sediado jogos no Campeonato Paraibano, a decisão da entidade máxima do futebol brasileiro foi de marcar o confronto para uma praça esportiva que fica a mais de 300 km da Cidade Sorriso, chocou o líder do Dinossauro.

“Estarrecido. Tirar o direito do Sousa jogar na sua cidade foi cruel demais”, escreveu Aldeone.

Ele informou também, que tentou se reunir com o presidente da CBF, Geraldo Varela, porém, sem êxito. “A classificação do Sousa para a Série D do brasileiro contrariou o interesse de alguém”, postou o presidente, adiantando que o time não vai desistir.

Veja postagem!

Aldeone_Sousa

DIÁRIO DO SERTÃO

ENTREVISTA

VÍDEO: Programa Psicologia no Ar recebe professor doutor de Cajazeiras pra falar sobre Psicologia Social

INTERVIEW

VÍDEO: Autor do filme “Memória Bendita” fala sobre os desafios de promover cultura na região de Sousa

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Fonte de Água da Vida

MARIA CALADO NA TV

Maria Calado na TV recebe diretamente do Rio Grande do Norte, Fábio Carvalho; CONFIRA!