header top bar

section content

CAINDO: Sociedade se une e inicia campanha para salvar prédio histórico de São João do Rio do Peixe

Construída no ano de no ano de 1925, o prédio está fechado desde a desativação da “estação de trem” e não recebe reforma desde então.

Por Luzia de Sousa

13/06/2016 às 15h09 • atualizado em 13/06/2016 às 18h51

Sociedade iniciou uma campanha para salvar o prédio da estação de São João

A sociedade de São João do Rio do Peixe, no Sertão do estado está se unindo arrecadar recursos para restauração do prédio público da Estação Ferroviária (“Salve a Estação”), que está em situação de abandono, segundo informações de moradores da localidade.

O professor e historiador da cidade, Wlisses Estrela, o escritor Rogério Galvão e toda população de São João do Rio do Peixe vão iniciar uma campanha para ‘salvar’ o local, que atualmente abriga apenas usuários de drogas.

Qualquer pessoa pode ajudar essa boa causa

Qualquer pessoa pode ajudar essa boa causa

Construída no ano de no ano de 1925, o prédio está fechado desde a desativação da “estação de trem” e não recebe reforma desde então.

Na semana passada foi realizada a primeira reunião, onde foi traçado roteiro para execução das ideias apresentadas e posterior realização do projeto. O objetivo é transformar o prédio abandonado em local para desenvolver trabalhos artísticos, culturais e educacionais.

Segundo os organizadores da campanha, o engenheiro João Neto e o desenhista Antonio Henrique ficaram responsáveis para fazer o orçamento do projeto de restauração do prédio.

Grupos voluntários foram organizados para promover festas, rifas e outros meios para angariar fundos que condicionem a restauração do prédio da antiga Refesa.

De acordo com Wlisses Estrela, o próximo passo da campanha”Salve a Estação” será a abertura de uma conta bancária para recebimento de doações, além de pesquisa de preços (orçamentos), reuniões com os clubes de serviço, maçonarias, Demolays, para que cada entidade se organize em como contribuir.

“ Também serão realizadas visitas aos comerciantes, empresários, profissionais liberais, para pedir apoio. Um livro de ouro está sendo confeccionado para angariar recursos e envelopes estão sendo impressos para a distribuição nas casas”, explicou o jovem historiador de São João do Rio do Peixe.

DIÁRIO DO SERTÃO

A FAVOR DA REFORMA

Empresário diz que Justiça do Trabalho só penalizava os patrões e chama a CLT de ‘excrescência jurídica’

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares