header top bar

section content

Empresário quer implantar linhas comerciais no aeroporto de Cajazeiras e Patos. Confira!

O processo de abertura da empresa está sendo acelerado, mas o empresário prefere não estabelecer prazos.

Por Luzia de Sousa

11/01/2017 às 16h53 • atualizado em 11/01/2017 às 16h54

Aeroporto de Cajazeiras terá balizamento noturno em breve

O jornalista Robson Pires, do Estado do Rio Grande do Norte, publicou em seu blog de notícias nesta quarta-feira (11), um suposto interesse de uma linha área em operar no recém-inaugurado aeroporto de Cajazeiras.

+ Sai no Diário Oficial edital para balizamento noturno do aeroporto regional de Cajazeiras

De acordo com o jornalista, a empresa paraibana Glória Transportes Aéreos pretende investir na rota entre João Pessoa, Patos e Cajazeiras.

+ Lágrimas marcam voo inaugural do aeroporto de Cajazeiras; RC destaca investimentos

O proprietário Delano Campos teria assegurado que quer investir em um nicho de mercado, aproveitando o potencial econômico de duas das principais cidades do Sertão paraibano.

O processo de abertura da empresa está sendo acelerado, mas o empresário prefere não estabelecer prazos. A Azul tem voos regionais no mercado paraibano, como a rota João Pessoa-Recife e Campina Grande-Recife.

Os voos entre a capital paraibana, Patos e Cajazeiras, além de alavancar o turismo, irá beneficiar empresários que precisam se deslocar para as duas cidades do interior da Paraíba ganhando tempo, gerando desenvolvimento e qualidade de vida. Estima-se que os voos irão beneficiar cerca de 300 mil pessoas.

DIÁRIO DO SERTÃO

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com o Ministério de Louvor: Fonte de água da vida

SAÚDE MENTAL

VÍDEO: “Psicologia no Ar” reestreia na TV debatendo as dúvidas e estereótipos que os psicólogos carregam

ENTREVISTA

VÍDEO: Com demonstrações ao vivo, fisioterapeuta cajazeirense explica como funciona a Quiropraxia

VÍDEO!

CONTRA MÃO: Aliado do prefeito de Cajazeiras critica políticos de Brasília, mas admite votar em “golpista”