header top bar

section content

Cartas marcadas: Após operação da PF, ex-secretário diz que licitação engole dinheiro

O radialista que foi secretário de Comunicação da última gestão disse que, acompanhou de perto algumas licitações

Por

02/07/2015 às 19h00

Aproveitando a polêmica da Operação Andaime em Cajazeiras, o radialista Jarismar Pereira em seu comentário Direto ao Ponto para a TV Diário do Sertão nesta quinta-feira (02) disse que as tais licitações realizadas para execução de obras públicas são como “cartas marcadas”, onde o dinheiro público vai embora no ralo da corrupção.

Leia mais:

MPF e PF desarticulam quadrilha que fraudou licitações de prefeituras e desviou mais de R$ 18 milhões; Cajazeiras está na lista

Operação Andaime mantém empresários detidos, apreende armas e R$ 174 mil. Vídeo!

► Oito presos na operação andaime estão na cela 15 do presídio Regional de Cajazeiras

Jarismar comentou que a lei da licitação que, devia moralizar e garantir a regularidade nas construções públicas está servindo para que, cada vez mais, pessoas incapacitadas ganhem o dinheiro das obras.

O radialista que foi secretário de Comunicação da última gestão disse que, acompanhou de perto algumas licitações e fez o seguinte relato: “Pessoas que não conheciam nada sobre construção montam empresas com o intuito apenas de participar da licitação e ganhar dinheiro das obras, sem pensar em executá-las”.

DIÁRIO DO SERTÃO

ALÍVIO

VÍDEO: Presidente da OAB de Cajazeiras afirma que a Comarca de Bonito de Santa Fé não será mais fechada

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa com a participação dos membros da Igreja Rei dos Reis

CADASTRAMENTO

VÍDEO: Prazo final para biometria na região de Catolé do Rocha é antecipado, e Justiça alerta eleitores

MITO DA INTERNET

VÍDEO: Fenômeno Gleyfy Brauly bate recorde de audiência no Xeque-Mate e canta sucessos no ‘imbromation’