header top bar

section content

Sindicato de Cajazeiras diz que proprietários de terra podem perder direitos e cobra ajuda do Governo da PB. Veja!

A preocupação do sindicalista é que, sem o documento, os agricultores ficam impedidos de fazerem empréstimos, de passar escritura e de deixarem herança

Por

03/07/2015 às 08h00

Sindicato de CZ cobra ajuda do Governo da PB para recadastrar agricultores

O presidente do Sindicato Rural de Cajazeiras, Rildo Soares falou nesta quinta-feira (02) sobre as dificuldades que estão sendo enfrentadas pelo homem do campo do município e de cidades da região para realização do Cadastro Ambiental Rural (CAR).

De acordo com Rildo, o município e o estado não ofereceram engenheiros capacitados para realizar o documento de recadastramento e os pequenos agricultores estão tendo despesa para pagar o engenheiro.

A preocupação do sindicalista é que, sem o documento, os agricultores ficam impedidos de fazerem empréstimos, de passar escritura das terras em vida e de deixarem herança, em casos de morte.

Em maio deste ano, o Governo Federal prorrogou o prazo do CAR, entretanto, sem ajuda, os agricultores estão sentindo dificuldades para se recadastrarem. Por essa razão, Rildo Soares fez uma reivindicação pedindo ajuda para o Governo do Estado.  

Para realizar o recadastramento, inicialmente, o proprietário precisa de CPF e RG do casal, escritura, ITR (Imposto Territorial Rural) e se possível, o mapa da terra.  

DIÁRIO DO SERTÃO 

CALDEIRÃO POLÍTICO

VÍDEO: Aliado releva que dois vereadores de oposição estão rasgando elogios ao prefeito Airton Pires

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe o professor Sérgio Cunha divulgando o IV Open paraibano de Karatê; Confira!

CASA NOVA

Locutor esportivo troca de emissora de rádio em Cajazeiras e revela mágoa: “Tomei uma pancada violenta”

NOVIDADES

VÍDEO: Novo padre da Paróquia São João Bosco confirma que pretende revitalizar a Praça Camilo de Holanda