header top bar

section content

Cagepa começa racionamento em Cajazeiras e Sousa; cidades ficarão 25 horas sem água

O município de São José de Piranhas também vai começar a racionar água. A Cagepa vai intensificar a fiscalização para quem está abusando ou desperdiçando água.

Por

01/06/2015 às 17h57

O diretor de operação e manutenção da Cagepa, José Mota explicou como funciona o racionamento de água que começou nesta segunda-feira (01) em Cajazeiras. Mota lembrou que a Cagepa vai parar o abastecimento de água por 25 horas por semana, das 16 horas do sábado às 17 horas do domingo. Em Sousa, a paralização no abastecimento de água é de 48 horas.  

O diretor explicou que a Cagepa fornecia 173 litros de água, por segundo, em Cajazeiras. Porém, por determinação da Agência Nacional das Águas, essa liberação será reduzida para 153 litros por segundo. 

Veja também: 

Preocupado com seca, Prefeito de Sousa vai a Brasília exigir medidas emergenciais para colapso de água

Olha a água! Prefeitura de Sousa trabalha a todo vapor na perfuração de poços na zona urbana e rural

De acordo com Mota, o objetivo do racionamento é prolongar a água do açude de Engenheiro Ávidos até 2016, quando será iniciada a segunda etapa do racionamento, que vai liberar apenas 84 litros de água por segundo. “A intenção é chegar com água até o inverno de 2017”, disse ele.

O município de São José de Piranhas também vai começar a racionar água. A Cagepa vai intensificar a fiscalização para quem está abusando ou desperdiçando água.

Assista a reportagem da TV Diário do Sertão

DIÁRIO DO SERTÃO 

ALÍVIO

VÍDEO: Presidente da OAB de Cajazeiras afirma que a Comarca de Bonito de Santa Fé não será mais fechada

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa com a participação dos membros da Igreja Rei dos Reis

CADASTRAMENTO

VÍDEO: Prazo final para biometria na região de Catolé do Rocha é antecipado, e Justiça alerta eleitores

MITO DA INTERNET

VÍDEO: Fenômeno Gleyfy Brauly bate recorde de audiência no Xeque-Mate e canta sucessos no ‘imbromation’