header top bar

section content

No Senado, Cássio cita André Gadelha e diz que prefeito de Sousa está preocupado com retorno da miséria. Veja

O prefeito de Sousa demonstrou sua preocupação e alegou que a volta desta prática está ocorrendo por conta da inflação crescente que acontece no país.

Por

14/03/2015 às 14h09

Prefeito André está preocupado com miséria

Ocupando a tribuna do senado em Brasília, o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) da Paraíba fez um pronunciamento abordando a dificuldade que alguns municípios estão atravessando por conta da crise vivenciada no país atualmente. Fazendo referencias as visitas que fez recentemente a algumas cidades do interior paraibano, o senador Cássio destacou o lamento de vários prefeitos preocupados com o retorno de uma situação que há muito tempo não era presenciada, que é o fato de pessoas estarem indo pedir comida e alimentos nas prefeituras locais.

De acordo com Cássio Cunha Lima, a observação de que muitos pobres estão voltando a pedir comidas e alimentos nas prefeituras, foi constatada pelo prefeito de Sousa André Gadelha (PMDB). Segundo o senador, o prefeito de Sousa demonstrava sua preocupação e alegava que a volta desta prática está ocorrendo por conta da inflação crescente que acontece no país e que está tirando o poder de compra dos mais carentes.

O pronunciamento do senador Cássio Cunha Lima mencionando a conversa que teve com o prefeito André Gadelha, aconteceu nesta sexta-feira (13) na tribuna do senado e foi acompanhada por vários senadores que participavam da sessão que foi transmitida ao vivo.

Ivandney Sena – Decom

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan