header top bar

section content

Diretora do HRC tira ambulância de distrito e pede paciência: “Não é obrigação do Estado”

Edjane explicou que manter a ambulância não é uma obrigação do Estado e nem do HRC, mas sim do município de São João do Rio do Peixe.

Por

26/02/2015 às 17h35

Diretora do HRC, Edjane Leite

A diretora do Hospital Regional de Cajazeiras, Edjane Leite, justificou a retirada de uma ambulância do distrito de Gravatá, município de São João do Rio do Peixe, fato que gerou polêmica na imprensa sertaneja.  

Edjane explicou que manter a ambulância não é uma obrigação do Estado e nem do HRC, mas sim do município de São João do Rio do Peixe. “A ambulância é do Estado e foi cedida ao distrito de Gravatá devido às dificuldades de acesso da população até os serviços do hospital”, disse.

A diretora informou ainda que, o município nunca colaborou com o abastecimento da ambulância, nem com pagamento de motorista, tudo sempre foi feito pelo Estado. Ela disse também que vai tentar devolver a ambulância desde que o município colabore: “Só posso pedir à população do distrito que tenha paciência”.

Assista a reportagem da TV Diário do Sertão

DIÁRIO DO SERTÃO

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan