header top bar

section content

Debate: Convidados duvidam de distribuição de arroz e falam de privatização do Carnaval

A falta que faz um aeroporto em Cajazeiras foi polêmica no debate.

Por

18/02/2015 às 19h42

A TV Diário do Sertão comemorou dois anos de existência realizando um debate de Carnaval nesta terça-feira (17). Na ocasião, o apresentador Petson Santos recebeu o homenageado do Carnaval 2015 em Cajazeiras, Ubiratan de Assis, além dos empresários Alexandre Costa, Severino Alves e Otacílio Ribeiro (Cilôca). O radialista Sales Fernandes e o advogado Júnior Bento também estiveram presentes.

Dentre os assuntos mais polêmicos do Debate de Carnaval 2015 da TVDS, os convidados enfatizaram a falta que faz um aeroporto em Cajazeiras, inclusive no Carnaval. “Em um evento que dá 50 mil pessoas por noite. Será que ninguém ia usar esse aeroporto?”, questionou o empresário Alexandre Costa. 

 

Já Severino Alves disse que o fluxo de pessoas no Carnaval de Cajazeiras dobraria se existisse um Aeroporto na cidade. Os convidados fizeram apelo aos Governantes do município e aos políticos votados na cidade para que cobrem esse Aeroporto, junto com o movimento da sociedade civil.

Privatização – Os convidados também falaram sobre a privatização do carnaval de Cajazeiras e colocaram a opinião de modo que, se o Poder Público não pode fazer, é melhor privatizar. “Sem aumentar muito o preço, caso contrário, tira-se a popularidade do Carnaval de Cajazeiras”, disse Alexandre.

Os convidados disseram não acreditar na informação de que o dinheiro será trocado por arroz e distribuído a instituições de caridades. “O carnaval é caro, tem que cobrar mesmo para poder pagar”, disse Cilôca.

  

Outra polêmica citada foram as muitas construções que estão sendo realizadas na Agrovila, local onde é realizado o Carnaval de Cajazeiras. “Daqui a poucos anos o espaço estará comprometido”, disse o empresário Cilôca. O advogado Júnior Bento considerou que a Agrovila deve ser tombada para a realização de eventos em Cajazeiras.

Os convidados citaram também o fechamento da Receita Federal em Sousa e Cajazeiras, além da Coletoria e da ausência de um IML na cidade.

O primeiro debate da TVDS contou com a transmissão da Rádio Centro e da Barrozo FM.

Assista ao debate de Caranval completo!

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
ENTREVISTA

No Xeque-Mate, corretor avalia que Cajazeiras é melhor do que Sousa para investir no mercado imobiliário

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe os membros da Associação dos ciclistas de Cajazeiras e região; Confira!

ADVERSÁRIOS ETERNOS

Breckenfeld diz que nunca será candidato a prefeito de São João nem aliado de Zé Aldemir: “Chance zero”

PSICOLOGIA & FILOSOFIA

Cajazeirense que vendia poesia pra pagar curso em SP fala sobre sonhos e objetivos no “Psicologia no Ar”