header top bar

section content

Programa oferece bolsas de estudos em faculdades e escolas técnicas; seleção foi iniciada em Sousa

Em todo o Estado da Paraíba, estão sendo disponibilizadas mais de 1.700 mil vagas nas modalidades de graduação, pós-graduação e cursos técnicos.

Por

04/06/2014 às 14h03

Programa Educa Mais Brasil em Sousa

O processo seletivo do Educa Mais Brasil para 2014.2 está com inscrições abertas em Sousa, com bolsas de estudo parciais (50%) para graduação EAD. Para concorrer, os interessados devem realizar a inscrição gratuitamente através do site www.educamaisbrasil.com.br. Em todo o Estado da Paraíba, estão sendo disponibilizadas mais de 1.700 mil vagas nas modalidades de graduação, pós-graduação e cursos técnicos, nos seis municípios onde o programa atua.

“Nosso principal critério de seleção é a impossibilidade de arcar com as mensalidades integrais, e esse item é avaliado através do questionário socioeconômico preenchido no momento da inscrição. Além disso, no caso da graduação é necessário que o candidato esteja há pelo menos seis meses sem estudar”, explica Luciana Amâncio, Coordenadora de Comunicação do Educa Mais Brasil.

O programa, que está a 10 anos no cenário educacional brasileiro, já beneficiou cerca de cinco mil estudantes paraibanos em todas as modalidades de ensino, inclusive o ensino básico, que engloba educação infantil, ensino fundamental e médio. Mais informações estão disponíveis na página oficial www.educamaisbrasil.com.br ou através da central de atendimento: 0800 724 7202 | 4007-2020 (capitais e regiões metropolitanas).

Assessoria

Tags:

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula