header top bar

section content

Sem concurso público, Prefeituras do Vale do Piancó gastam 13,7 milhões com servidores contratados

Os gastos de Piancó com contratados no período de doze meses equivalem a 21,01% da movimentação financeira que a Prefeitura fez para pagar a folha.

Por

27/03/2014 às 14h00

Prefeituras do Vale gastam além da conta com contratados

A imprensa do Vale do Piancó tem divulgado que a Prefeitura de Conceição foi a que mais gastou na região com servidores contratados no ano passado. Segundo informações, foram R$ 5.440.868,02, valor que corresponde a 45,5% de todo o dinheiro pago para quitar a folha de pessoal, que chegou a mais de R$ 11,9 milhões. Em dezembro, o número de contratados pelo prefeito Nilson Lacerda (PSDB) somava 177 funcionários, e a folha ainda se formou com 575 efetivos, 38 comissionados e 6 eletivos, totalizando 796 servidores.

A situação do município de Piancó também foi denunciada, a Prefeitura administrada por Sales Lima (DEM) também gastou alto com servidores temporários, alcançando R$ 4.123.594,68. A edilidade é a terceira do Vale que mais desembolsou recursos para pagar servidores sem concurso público em 2013, perdendo, apenas, para a própria Prefeitura de Conceição e a de Itaporanga, que gastou mais de R$ 4,2 milhões. Juntas, essas três Prefeituras gastaram R$ 13,7 milhões com servidores contratados, sendo que os gastos de Conceição e Piancó passaram dos R$ 9,5 milhões.
 

Em janeiro, mês em que o prefeito  de Conceição assumiu o poder, o município tinha 108 servidores contratados. Cinco meses depois, em junho, o número de temporários chegou a aumentar 286,1%, passando para 417, um crescimento de 309 servidores. Isso ocorreu porque o prefeito criou uma comissão e anulou um concurso público feito pela gestão anterior sob alegação de fraude e não chamou os candidatos aprovados, preferindo contratar a seu gosto. Mas os aprovados entraram na Justiça e conseguiram derrubar a decisão do prefeito, que começou a chamá-los para assumir seus postos de trabalho e diminuir o número de contratados.

Os gastos de Piancó com contratados no período de doze meses equivalem a 21,01% da movimentação financeira que a Prefeitura fez para pagar a folha, que chegou a superar a casa dos R$ 19,6 milhões, o maior entre todos os municípios regionais.

Embora tenha tido um gasto inferior com contratados em comparação com Conceição e Itaporanga, o número de servidores sem concurso de Piancó foi o maior da região. A Prefeitura piancoense terminou 2013 com 359 funcionários contratados, de um total de 1.310 servidores. A folha de pessoal ainda era composta por 679 efetivos, 262 comissionados, sete eletivos e três inativos/pensionistas.

DIÁRIO DO SERTÃO com Folha do Vali

ENTREVISTA

VÍDEO: Programa Psicologia no Ar recebe professor doutor de Cajazeiras pra falar sobre Psicologia Social

INTERVIEW

VÍDEO: Autor do filme “Memória Bendita” fala sobre os desafios de promover cultura na região de Sousa

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Fonte de Água da Vida

MARIA CALADO NA TV

Maria Calado na TV recebe diretamente do Rio Grande do Norte, Fábio Carvalho; CONFIRA!