header top bar

section content

Revitalização aumenta fluxo de turistas no Vale dos Dinossauros

De acordo com Robson Marques, considerado o guardião do patrimônio, a média de visitantes saltou de 2.000 para mais de 4.000 por mês.

Por

26/03/2014 às 15h53

Fluxos de turistas aumenta em Sousa

O Monumento Natural Vale dos Dinossauros, localizado a 7 km da cidade de Sousa, no Sertão paraibano, registrou aumento no fluxo de turistas, depois das obras de revitalização entregues em maio de 2013, pelo Governo do Estado. De acordo com Robson Marques, considerado o guardião do patrimônio, a média de visitantes saltou de 2.000 para mais de 4.000 por mês.

Robson trabalha no parque estadual há 38 anos. É uma espécie de guia turístico, sempre passa informações sobre as pegadas de dinossauros aos visitantes. Quem descobriu as pegadas foi seu avô, há muitas décadas. “Cuido deste patrimônio pelas futuras gerações porque essas pegadas são únicas no mundo. Acredito que minha alma está aqui e essa reforma era muito necessária”, declara.

A professora aposentada de biologia, Rai Forte, paraibana de Catolé do Rocha, mora em Brasília há muitos anos e resolveu visitar o Vale dos Dinossauros, a partir de reportagens publicadas em revistas. “Isto aqui é de suma importância para pesquisas. Os paraibanos devem cuidar bem desse tesouro histórico”, apelou. A admiração foi compartilhada pela turista Graziele Rosemberg, de Sorocaba-SP. “ O vale impressiona a todos”, destacou.

O parque foi reaberto no dia 24 de maio do ano passado após um ano fechado para a execução de obras de revitalização. O Monumento Natural Vale dos Dinossauros é administrado pela Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema). Na obra, foram investidos R$ 1,2 milhão através de parceria do Governo do Estado com a Petrobras. O dinheiro foi investido em melhoria da infraestrutura e aquisição de equipamentos para o museu instalado no local.

Revitalização – As obras incluíram a reforma do museu, climatização do local, reestruturação do espaço de exposições, auditório, escritórios e banheiros, urbanização da área externa, com delimitação das vagas de estacionamento para carros, motos, ônibus e vans, além do calçamento das trilhas e reforma das passarelas e mirantes, sempre respeitando as normas de acessibilidade. Todos os espaços do Vale também receberam placas indicativas para guiar o visitante durante o passeio.

Capacitação – Com a reabertura do Vale, a população tem acesso a cursos de capacitação para atuar em parceria com a Unidade de Conservação. As oficinas são voltadas para fortalecimento do artesanato local, qualificação do serviço de monitoria das atividades de visitação e para a promoção de oportunidades de trabalho por meio da prestação de serviços no Monumento.

Registro histórico – Funcionando de terça-feira a domingo, das 8h às 17h, o Monumento Natural Vale dos Dinossauros é um dos principais sítios paleontológicos do país e atrai a atenção de pesquisadores e turistas de todo o mundo pela grande quantidade de pegadas presentes nos 40 hectares da Unidade de Conservação. Com registro de quatro diferentes espécies, o monumento preserva os vestígios dos animais que habitaram a bacia sedimentar de Sousa há cerca de 165 milhões de anos.

O Vale dos Dinossauros vai ser divulgado no exterior, através da Empresa Brasileira de Turismo (Embratur). O objetivo é que o parque seja inserido na lista de atrativos turísticos brasileiros apresentados em feiras de turismo, ações com operadoras e agentes de viagens de todo mundo.

Secom

ENTREVISTA

VÍDEO: Programa Psicologia no Ar recebe professor doutor de Cajazeiras pra falar sobre Psicologia Social

INTERVIEW

VÍDEO: Autor do filme “Memória Bendita” fala sobre os desafios de promover cultura na região de Sousa

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Fonte de Água da Vida

MARIA CALADO NA TV

Maria Calado na TV recebe diretamente do Rio Grande do Norte, Fábio Carvalho; CONFIRA!