header top bar

section content

Senador Vital do Rêgo lamenta crescimento da violência na Paraíba

A matéria fez referência a um estudo que aponta João Pessoa como uma das dez cidades mais violentas do mundo e a terceira mais violenta do Brasil.

Por

25/03/2014 às 15h58

Vital lamenta violência no Estado

Em pronunciamento no Plenário do Senado, nesta segunda-feira (24), o senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) lamentou, o crescimento da violência em seu estado. Ao discursar no Plenário, o senador citou o programa Fantástico, da TV Globo, que no último domingo (23) exibiu uma reportagem que mencionou a violência na Paraíba. 

A matéria fez referência a um estudo que aponta João Pessoa como uma das dez cidades mais violentas do mundo e a terceira mais violenta do Brasil. Maceió (AL) e Fortaleza (CE) são, respectivamente, a primeira e a segunda no rankingnacional.

De acordo com o senador, o povo paraibano sempre foi conhecido pela cordialidade e pelo modo pacato. No entanto, nos últimos anos, tem vivido “sob o signo do medo” ao ver crescer os índices de violência. Vital lembrou que outra cidade paraibana, Campina Grande, também figura entre as dez mais violentas do Brasil e aparece em 25º no ranking mundial.

Vital do Rêgo disse que João Pessoa tem uma taxa de homicídios considerada epidêmica pela Organização Mundial da Saúde (OMS): são 66 para cada 100 mil habitantes. Os bandidos, disse o senador, estão promovendo assassinatos de policiais, toques de recolher, arrastões e explosões de caixas eletrônicos, causando pavor na população. O senador ainda apontou, com base em uma pesquisa do Sindicato dos Bancários da Paraíba, que os crimes contra agências bancárias registraram em 2013 um aumento de 103% em relação ao ano anterior. Foram 48 explosões, 17 assaltos e outras 18 tentativas.

O quadro geral atinge contornos extremamente preocupantes. A situação atual afeta o direito de ir e vir, o bem-estar e a vida social dos paraibanos – declarou Vital do Rêgo, acrescentando que a Paraíba é hoje o quarto estado mais violento do país.

O senador aproveitou para criticar a postura do governo do estado diante do quadro de aumento da violência. Segundo ele, o governo aparece nas mídias “dizendo que está tudo calmo e tudo normal”. No entanto, na opinião do senador, o governo estadual pouco tem feito de efetivo para conter o problema do aumento dos crimes. Vital do Rêgo disse que o governo, ao contrário do prometido na campanha, não instalou a polícia de fronteira e mantém a polícia militar com baixos salários e sem estrutura. Segundo o senador, os policiais são obrigados a fazer rodízios de armas e coletes à prova de bala. A corporação também teria um déficit de mais de onze mil homens.

Para Vital do Rêgo, o governo paraibano precisa investir mais em programas de parceria com o governo federal, em estrutura para a polícia militar e em medidas de estímulo para o envolvimento da comunidade com as questões de segurança pública.

A Paraíba merece voltar a ser o estado pacífico, tranquilo e seguro que sempre foi – concluiu o senador.

Assessoria

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ALÍVIO

VÍDEO: Presidente da OAB de Cajazeiras afirma que a Comarca de Bonito de Santa Fé não será mais fechada

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa com a participação dos membros da Igreja Rei dos Reis

CADASTRAMENTO

VÍDEO: Prazo final para biometria na região de Catolé do Rocha é antecipado, e Justiça alerta eleitores