header top bar

section content

Diretora do HRC critica Junior Araújo e diz: serviço de hemodiálise de Cajazeiras não irá fechar

Emanuelle Cariri afirmou que não tem nada contra a hemodiálise de Cajazeiras

Por

24/05/2011 às 18h37

A Diretora do Hospital Regional de Cajazeiras, a Pediatra Emanuelle Cariri, rebateu críticas e acusações do Chefe de Gabinete da prefeitura municipal nesta terça-feira (24), e disse: “essa idéia de que eu tenho alguma coisa contra a hemodiálise, deve ter sido piada dentro da cabeça do próprio doutor Júnior Araújo” disparou a diretora.

Emanuelle comparou o funcionamento do serviço de hemodiálise de Cajazeiras com uma lanchonete e afirmou o seguinte: “Funciona como se uma lanchonete colocasse uma filial dentro do hospital e cada coxinha custasse R$ 2,00, daí o Estado pagaria esse valor por cada produto e ainda teria que pagar a farinha, o óleo, o ovo, a galinha e etc.” analisou a pediatra.

Ela explicou que o estado paga a empresa contratada para executar os serviços de hemodiálise em Cajazeiras por sessões realizadas.

Entenda o caso
O chefe de gabinete da Prefeitura Municipal de Cajazeiras, o advogado Júnior Araújo, fez duras críticas, via twitter, nessa sexta-feira (20), a atual administração do Hospital Regional, representada pela Pediatra Emanuelle Cariri.

O advogado acusou a diretora do HRC de “conspirar” contra os cajazeirenses e sertanejos, pois, seguindo ele, Emanuelle está tentando retirar o serviço de hemodiálise que funciona na cidade.

Júnior lembrou que a conquista desse serviço foi uma luta antiga da sociedade de Cajazeiras e beneficia hoje 39 famílias, que faziam esse tratamento em Sousa e tinham que sair de suas casas às 04:00 horas da madrugada e retornar às 22:00 horas, além de ter gastos com passagens. “Hoje um paciente chega 5min antes de começar a sessão”, twittou o advogado.

Acusação
Ele acusou Emanuelle de trabalhar dia e noite para fechar a hemodiálise de Cajazeiras e tachou a diretora de incompetente. Segundo Júnior, os mais carentes que precisam do serviço tem que se deslocar pagando passagem para outras localidades são os que mais vão sofrer sem a hemodiálise em Cajazeiras.

“Não sei o motivo para a diretora do HRC ter tanto ódio do Serviço de Hemodiálise de Cajazeiras.Talvez ela queira aumentar sua fama de incompetente”, disparou Júnior.

Os seguidores do chefe de gabinete no twitter, também fizeram muitas críticas a Emanuelle Cariri.

Rochilan Oliveira chegou a dizer que prefere procurar um curandeiro do que o HRC. “…Sinceramente é tanto baba ovo e incompetente nessa cidade”, disse Oliveira

Júnior finalizou dizendo que a diretora do HRC vem afundando a saúde pública de Cajazeiras.

DIÁRIO DO SERTÃO

ENTREVISTA

VÍDEO: Programa Psicologia no Ar recebe professor doutor de Cajazeiras pra falar sobre Psicologia Social

INTERVIEW

VÍDEO: Autor do filme “Memória Bendita” fala sobre os desafios de promover cultura na região de Sousa

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Fonte de Água da Vida

MARIA CALADO NA TV

Maria Calado na TV recebe diretamente do Rio Grande do Norte, Fábio Carvalho; CONFIRA!