header top bar

section content

Aesa realiza reuniões pelo Vale do Piancó para discutir situação dos açudes cada vez mais secos.

Segundo a Cagepa, a água é suficiente para quatro meses. O representante da Aesa disse que a solução é uma adutora vinda da cidade de Nova Olinda.

Por

10/10/2013 às 16h25

A AESA (Agência Executiva de gestão das Águas do Estado da Paraíba) está realizando uma rodada de reuniões em seis cidades do Vale do Piancó para discutir a situação dos açudes que as abastecem.

Na primeira reunião que aconteceu em Curral Velho, se tratou das águas do açude Bruscas que, estão sendo utilizadas para os irrigantes da região, o que tem sido já uma preocupação para as autoridades do município.

Outra cidade onde a situação se mostra mais critica é Itaporanga, já que o açude Cachoeira está com sua capacidade comprometida, menos de 10% da sua capacidade para abastecer  uma população de mais de 23 mil habitantes. A reunião em Itaporanga ocorreu nesta quarta-feira (09).

Segundo a Cagepa, a água é suficiente para quatro meses.  Para o representante da Aesa, Chico Lopes, a solução urgente será uma adutora vinda da cidade de Nova Olinda.

Ouça áudio de Chico Lopes.

[mp3:CHICO LOPES HOJE1.mp3]

Flávio José do DIÁRIO DO SERTÃO em Itaporanga

PROCESSO DE MIGRAÇÃO

Diretor regional na Paraíba tira todas as dúvidas sobre abertura de novas contas dos servidores estaduais no Bradesco

MENSAGEM DE ESPERANÇA

Programa Mensagem de Esperança com Sara Sheyla e Nelson Dantas

A FAVOR DA REFORMA

Empresário diz que Justiça do Trabalho só penalizava os patrões e chama a CLT de ‘excrescência jurídica’

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview