header top bar

section content

Aesa realiza reuniões pelo Vale do Piancó para discutir situação dos açudes cada vez mais secos.

Segundo a Cagepa, a água é suficiente para quatro meses. O representante da Aesa disse que a solução é uma adutora vinda da cidade de Nova Olinda.

Por

10/10/2013 às 16h25

A AESA (Agência Executiva de gestão das Águas do Estado da Paraíba) está realizando uma rodada de reuniões em seis cidades do Vale do Piancó para discutir a situação dos açudes que as abastecem.

Na primeira reunião que aconteceu em Curral Velho, se tratou das águas do açude Bruscas que, estão sendo utilizadas para os irrigantes da região, o que tem sido já uma preocupação para as autoridades do município.

Outra cidade onde a situação se mostra mais critica é Itaporanga, já que o açude Cachoeira está com sua capacidade comprometida, menos de 10% da sua capacidade para abastecer  uma população de mais de 23 mil habitantes. A reunião em Itaporanga ocorreu nesta quarta-feira (09).

Segundo a Cagepa, a água é suficiente para quatro meses.  Para o representante da Aesa, Chico Lopes, a solução urgente será uma adutora vinda da cidade de Nova Olinda.

Ouça áudio de Chico Lopes.

[mp3:CHICO LOPES HOJE1.mp3]

Flávio José do DIÁRIO DO SERTÃO em Itaporanga

Tags:
ADVERSÁRIOS ETERNOS

Breckenfeld diz que nunca será candidato a prefeito de São João nem aliado de Zé Aldemir: “Chance zero”

PSICOLOGIA & FILOSOFIA

Cajazeirense que vendia poesia pra pagar curso em SP fala sobre sonhos e objetivos no “Psicologia no Ar”

CÓDIGO COMPROVA

No 1º Xeque-Mate de 2018, tecnólogo diz que é fácil fraudar eleições com urna eletrônica e explica como

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe o centravante Bruno Aurora, Carlos Kennedy e o presidente da ASCAT-CZ