header top bar

section content

Homem que ateou fogo no seu próprio corpo não resiste aos ferimentos e morre em João Pessoa

O aposentado da cidade de Itaporanga, o senhor Acárcio não resistiu e faleceu na cidade de João Pessoa na madrugada desta quinta-feira.

Por

23/12/2011 às 08h40

Morreu o aposentado por invalidez, Acárcio Antônio Olinto, 49 anos, que não resistiu à gravidade das lesões e faleceu na madrugada desta quinta-feira (22), no Hospital de Trauma, em João Pessoa, para onde foi levado após atear fogo ao próprio corpo nessa quarta-feira.

Segundo informações, Acárcio vinha sofrendo de depressão, o que pode ter motivado o suicídio.

Ele era separado e deixa um filho, que vive na Bahia. A vítima vivia com sua mãe, a viúva Maria do Socorro Leite Olinto, de 76 anos, e um irmão, o funcionário público Francisco Albilânio Olinto, de 53.

Quem primeiro notou o fogo foi o cabo Lopes, que estava de guarda na cadeia e correu em socorro do homem, que sofreu queimaduras de 3º grau em grande parte do corpo, especialmente quadris e membros inferiores.

Veja também: No Sertão: Funcionário público toma banho de álcool e ateia fogo no próprio corpo

DIÁRIO DO SERTÃO
 

EFEITO IMEDIATO

VÍDEO: Após protesto nas ruas, chefe da PM anuncia ações para combater o crime em São João do Rio do Peixe

AMIGO DE BRÁULIO BESSA

VÍDEO: Poeta que esteve no Encontro com Fátima Bernardes foi o convidado do Xeque-Mate da semana; VEJA!

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Pentecostal de Jerusalém

DIÁRIO ESPORTIVO

DIÁRIO ESPORTIVO: Tudo que rolou no Campeonato Brasileiro e os preparativos para o Paraibano