header top bar

section content

Diretora do HRC demite 53 funcionários e não descarta possibilidade de novas exonerações

Ela afirma que demissões são fruto de determinação do Governo do Estado e que empregados não estão garantidos.

Por

31/10/2011 às 18h36

A Diretora do Hospital Regional de Cajazeiras, Emmanuelle Cariri, confirmou nesta segunda-feira (31) o número de 52 funcionários demitidos no final da semana passada. Emmannuelle acrescentou ainda durante entrevista cedida em rádio cajazeirense, que está alertando todos os que têm emprego codificado no HRC que ninguém está garantido, visto que certamente haverá concurso do Estado no próximo ano.

De acordo com a diretora, entre as 52 pessoas dispensadas, nove tinham cargos de nível superior e 43 do nível médio. Ela disse também que entre os funcionários que saíram do HRC, três pediram demissão voluntariamente, depois que souberam do critério de aumento na carga horária que passará para 40 horas semanais.

Emmannuelle afirma que as demissões são fruto de uma determinação do Governo do Estado e que as pessoas escolhidas para sair, passaram por uma avaliação conjunta onde todos os coordenadores votaram, nome por nome e debateram sobre os problemas que aquele determinado funcionário vinha apresentando.

Segundo o diretora, os principais problemas que fizeram funcionários ser demitidos foram a falta de assiduidade, o pouco tempo de contrato e o fato de muitas pessoas terem outros empregos.

Respondendo a alguns comentários dos funcionários que reclamam das demissões, Emmannuelle disse que não está despreocupada e nem feliz com a saída de tantos funcionários do hospital, mas garantiu que o problema não tem nenhuma relação com perseguição política.

Correndo Risco
Entre os funcionários codificados que a diretora Emmannuelle disse não estarem com seus empregos assegurados estão: 100% da equipe de limpeza, maqueiros e porteiros. Ao todo são 350 funcionários codificados no HRC.

Ouça Áudio.

DIÁRIO DO SERTÃO

ENTREVISTA BOMBÁSTICA

VÍDEO: Declarações polêmicas e provocações marcam o programa Xeque-Mate com o ex-prefeito Carlos Antônio

VÍDEO

Ex-aliado diz que prefeito de Cajazeiras forma “organização criminosa” e aponta gordas gratificações

DIÁRIO ESPORTIVO

Confira o resumo da rodada no programa Diário Esportivo com Luiz Júnior

XEQUE MATE

VÍDEO: Carlos Antonio declara pela 1ª vez publicamente apoio a Júnior Araújo; “é cancela fechada”