header top bar

section content

MP constata irregularidades em 159 escolas da rede pública de Sousa e região

Essa ação do Ministério Público visa realizar um levantamento das irregularidades das escolas para que tomadas as medidas para de melhorias.

Por

29/09/2011 às 10h03

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) divulgou na quarta-feira (28), que todas as 159 escolas da rede pública de Sousa e região, apresentam irregularidades.

Conforme o balanço realizado pelo MP, os problemas encontrados compreendem desde a falta de acessibilidade para os portadores de necessidades especiais, até a falta de salas de aulas, carteiras e merenda.

A região inspecionada abrange os municípios de Aparecida, Lastro, Marizópolis, Nazarezinho, Santa Cruz, São Francisco, São José da Lagoa Tapada, Sousa e Vieirópolis.

Segundo a promotora Ana Carolina Coutinho, as informações sobre a situação das escolas foram colhidas por meio de um formulário-padrão, preenchido com a ajuda dos conselheiros tutelares.

“Estamos entrando em contato com os responsáveis. Não se admite que ainda hoje possamos testemunhar estudantes assistindo aula nos corredores e professores dando aula para estudantes com faixas etárias múltiplas”, afirmou à promotora.

A diretora da 10ª Regional de Educação de Sousa, Maria do Socorro Antunes, também se manifestou ao saber do resultado dessa inspeção, afirmando que desde o início do ano está adotando medidas para a melhoria das escolas estaduais.

DIÁRIO DO SERTÃO com G1 Paraíba

Tags:

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula