header top bar

section content

EXCLUSIVO: Cajazeirense é preso em frente a casa do pai acusado de agredir e atropelar até a morte ex-companheira no Maranhão

O crime ocorreu em 19 de fevereiro deste ano e causou grande comoção social na cidade de São José de Ribamar, Estado do Maranhão. Confira vídeo!

Por Luzia de Sousa

21/04/2017 às 14h31 • atualizado em 21/04/2017 às 15h12

O Grupo Tático Especial da cidade de Cajazeiras prendeu nesta sexta-feira (21), um homem acusado de matar uma mulher na cidade de São José de Ribamar, Estado do Maranhão. O crime ocorreu em 19 de fevereiro deste ano e causou grande comoção social.

+ TRAGÉDIA: Colisão entre Corolla e caminhão de carga em rodovia deixa uma pessoa morta; Carro pegou fogo. FOTOS E VÍDEO!

Ele teria espancado a mulher, identificada por Rosiane Rodrigues da Silva, 40 anos e depois passado com o carro por cima dela.

O crime teria ocorrido após confusão em uma praia com o namorado de Rosiane, que teria tachado o acusado, identificado por “Paraíba da Confecções” de “corno”, segundo noticiou a imprensa local.

Delegado do GTE de Cajazeiras, Braz Morroni

As informações dão conta que Rosiane era ex-companheira do paraibano, e após a confusão não teria aceitado ir embora com o atual namorado, quando saiu caminhando sozinha e apareceu o ex em um carro Siena, acompanhado de um amigo, que passou a agredi-la e depois teria passado o veículo por cima da vítima.

Prisão
Em Cajazeiras, o delegado do GTE, Braz Morroni explicou que a Justiça do Maranhão decretou a prisão do acusado e a Polícia Civil de lá solicitou apoio na Paraíba para localizar e cumprir o mandado.

Acusado foi preso na cidade de Cajazeiras, no Sertão da Paraíba

Braz Morroni explicou que o homem é natural de Cajazeiras e foi preso em frente a casa do pai nesta sexta-feira. De acordo com o delegado, o acusado será remetido para o Maranhão, onde deverá cumprir pena.

“Ele espancou a vítima e depois atropelou até a morte”, disse o delegado, adiantando que o acusado havia se apresentado à Delegacia de Cajazeiras na semana passado dando sua versão, onde teria dito que havia se envolvido em uma briga com uma mulher, que teria se jogado no carro dele.

O delegado informou que o acusado declarou que não tinha nenhum grau de parentesco e nenhum envolvimento amoroso com a vítima.

DIÁRIO DO SERTÃO

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa com a participação dos membros da Igreja Rei dos Reis

CADASTRAMENTO

VÍDEO: Prazo final para biometria na região de Catolé do Rocha é antecipado, e Justiça alerta eleitores

MITO DA INTERNET

VÍDEO: Fenômeno Gleyfy Brauly bate recorde de audiência no Xeque-Mate e canta sucessos no ‘imbromation’

CALDEIRÃO POLÍTICO

VÍDEO: Aliado releva que dois vereadores de oposição estão rasgando elogios ao prefeito Airton Pires