header top bar

section content

Prefeito de Monte Horebe revela que devolveu quase R$ 1 milhão ao Governo Federal e lamenta bloqueio de recursos da educação e saúde

O prefeito, que tem mantido essa demanda com recursos únicos e exclusivamente do FPM (Fundo de Participação do Município)

Por Redação Diário

02/05/2017 às 19h05 • atualizado em 03/05/2017 às 13h46

A cidade de Monte Horebe, na região de Cajazeiras, comemorou nesta segunda-feira, dia 1º, o dia do trabalhou em grande estilo. Durante todo dia, uma vasta programação foi desenvolvida pela gestão municipal.

Pela manhã, o prefeito Marcos Eron (PMDB) fez uma prestação de contas da sua gestão, onde apresentou vídeos das ações que estão sendo desenvolvidas pela atual gestão.

No evento também foi distribuídos brindes para os presentes, que, segundo o prefeito, foram doados pelos comerciantes, políticos e amigos de Monte Horebe. Também houve outras atividades durante a tarde e a noite.

Prefeito Marcos Eron fez uma prestação de contas dos seus primeiros dias a frente da gestão de Monte Horebe

RECURSOS BLOQUEADOS 
Em entrevista à TV Diário do Sertão, o prefeito lamentou que alguns recursos estejam bloqueados, impossibilitando o andamento de algumas obras e benefícios do município.

“Pegamos o município com recursos bloqueados, com recursos a serem devolvidos na ordem de aproximadamente R$ 800 mil, na educação, saúde, portal de entrada que tem comprometido o andamento da atua gestão, além dos recursos da merenda escolar”, disse o prefeito, que tem mantido essa demanda com recursos únicos e exclusivamente do FPM (Fundo de Participação do Município).

+ FOTOS DO EVENTO DE COMEMORAÇÃO DO DIA DO TRABALHADOR

DIÁRIO DO SERTÃO

ALFINETOU

VÍDEO: Aliado do prefeito destaca asfaltamento de ruas de Cajazeiras e alfineta grupo de Carlos Antonio

REVELAÇÃO

VÍDEO: Emocionado, radialista fala de dificuldades na infância e revela que ‘amigo’ lhe ofereceu drogas

VEJA

VÍDEO: Gilvan de Andrade fala de experiência no Rádio em Cajazeiras e João Pessoa

VÍDEO

Padre anuncia reforma da paróquia São João Bosco de Cajazeiras a avalia atuação do bispo