header top bar

section content

Sousense tem dívida de campanha de R$ 1,2 milhão e está entre os mais endividados do país

Dos cinco candidatos, João Azevêdo e José Maranhão também estão endividados. Tárcio e Rama não assumiram dívidas.

Por Diário do Sertão com G1PB

19/11/2018 às 10h12 • atualizado em 19/11/2018 às 12h40

Sousense, Lucélio Cartaxo

Dos cinco ex-candidatos ao Governo da Paraíba nas Eleições 2018, três deles estão com saldo devedor, de acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O governador eleito, João Azevêdo (PSB), apresenta a menor dívida, enquanto Lucélio Cartaxo (PV) está no ranking dos dez ex-candidatos do país mais endividados após as eleições.

Lucélio Cartaxo, que obteve 23,41% dos votos na Paraíba, contratou um total de R$ 2.550.139,58 em despesas, mas pagou pouco mais da metade, um total de R$ 1.322.910,14. Com isso, a dívida do candidato atingiu o valor de R$ 1.227.229,44, sendo o 9º mais endividado do país, durante o primeiro turno das eleições.

Mais de mil candidatos ficam com dívidas na campanha; veja os dez maiores saldos devedores — Foto: Rodrigo Cunha/G1

Já o governador eleito com 58,18% dos votos válidos, João Azevêdo, assumiu uma despesa de R$ 4.380.554,36 e pagou um total R$3.846.249,40. Entre os três candidatos a governador da Paraíba que assumiram alguma dívida, João foi o que terminou a campanha menos endividado, registrando uma dívida de R$ 534.304,96.

Zé Maranhão (MDB), também ex-candidato, assumiu uma dívida de R$ 1.152.361,82, pois não pagou a quantia de R$ R$ 4.138.373,82, do total de R$ 5.290.735,64 despesas contratadas durante a campanha.

Os ex-candidatos Tárcio Teixeira (PSOL) e Rama Dantas (PSTU) pagaram todas as despesas contratadas e não tiveram dívidas de campanha.

No país, dos mais de 18 mil candidatos que enviaram as prestações de contas, 1.245 estão com saldo devedor. Desses, 129 foram eleitos. Mais de 30% dos candidatos e partidos que disputaram o 1º turno, no entanto, não prestaram contas. Os dados entregues ao TSE mostram que 14 candidatos devem mais de R$ 1 milhão cada um. Todos disputaram governos estaduais.

Fonte: Diário do Sertão com G1PB - https://g1.globo.com/pb/paraiba/eleicoes/2018/noticia/2018/11/19/lucelio-cartaxo-tem-divida-de-campanha-de-r-12-milhao-e-esta-entre-os-mais-endividados-do-pais.ghtml

DIÁRIO ESPORTIVO

VÍDEO: Na TV, dirigentes do Atlético de Cajazeiras explicam contratações fechadas e outras que ‘melaram’

NOVAS CRÍTICAS

VÍDEO: Para líder católico de Cajazeiras, o Nordeste será “um recanto esquecido” por Bolsonaro

CLIMA DE EMOÇÃO

VÍDEO: Amigos e familiares destacam o legado de Dr. Toinho durante velório do advogado em Cajazeiras

ECONOMIA

VÍDEO: Com fila zerada, Bolsa Família injeta quase R$ 2 milhões por mês em Cajazeiras, diz coordenador