header top bar

section content

Ricardo recebe organizadores de evento internacional de kart que será realizado na Paraíba

A edição anterior foi realizada em Portugal.

Por Priscila Belmont

15/01/2018 às 20h17

Foto: Francisco Franca

O governador Ricardo Coutinho se reuniu, nesta segunda-feira (15), com os organizadores da Olimpíada Mundial do Kart (Rotax Max Challenge Grand Finals), que será realizada de 26 de novembro a 1 de dezembro deste ano, no Kartódromo Paladino, no Conde. O evento vai atrair para a Paraíba cerca de 360 pilotos de mais de 60 países, além de amantes do kart do Brasil e do mundo. Este evento internacional ocorre há 18 anos em vários países, sendo a primeira vez que acontecerá na América do Sul. A edição anterior foi realizada em Portugal.

Também participaram da reunião o secretário de Segurança e Defesa Social, Cláudio Lima, o comandante geral da Polícia Militar, coronel Euller Chaves, o chefe de Gabinete do Governador, Nonato Bandeira, representantes do Circuito Paladino, da Rotax Max Challenge, da Confederação Brasileira de Automobilismo e outros envolvidos na realização da Olimpíada Mundial do Kart na Paraíba.

Na ocasião, Ricardo Coutinho comentou que o evento vai dar visibilidade mundial ao Estado e causar um grande impacto turístico e econômico na região. “É uma competição que vai movimentar a rede hoteleira, gerar empregos, além de cerca de 20 mil diárias em hotéis. Estaremos à disposição para colaborar no que estiver ao alcance do poder público. Já ajudamos na melhoria da infraestrutura da área e teremos um plano de segurança para que o evento ocorra com tranquilidade. A Olimpíada Mundial do Kart vai colocar a Paraíba como destaque neste esporte”, observou.

“Esse evento tem um conceito único no mundo, porque dele só participam os melhores do kart mundial. Teremos aqui 60 países muito bem representados por aqueles que foram vencedores em seus respectivos locais de origem. A partir de agora, a Paraíba vai ser vista no mundo esportivo como a sede do maior evento do kart, isso vai movimentar a economia e o turismo do Estado”, afirmou o coordenador das Finais Mundiais 2018, Arnaldo Frias.

De acordo com o representante da Rotax no Brasil, Wilton Santos, o evento é grandioso e vai atrair em média 2.500 pessoas para a Paraíba. “Isso tem uma contribuição enorme para a Paraíba e para o Brasil. Por cerca de 15 dias este Estado será a sede do kart no mundo, o que vai ser muito bom para a economia paraibana. Tenho certeza que faremos um excelente evento, com toda a estrutura adequada”, garantiu.

O Kartódromo Paladino possui pista demarcada de acordo com os requisitos da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), com arquibancadas, vestiários, boxes, restaurante, salas VIP, estacionamento, entre outros itens necessários para a realização da Olimpíada Mundial do Kart.

“É um evento de porte mundial, sendo a primeira vez que ele ocorre nas Américas, justamente no Paladino, na cidade do Conde. A Paraíba concorreu com Dubai e venceu a disputa para sediar as finais mundiais. Isso é algo muito significativo em todos os sentidos”, comentou o diretor do Circuito Paladino, George Crispim.

Secom PB

Recomendado para você pelo google

ESTELIONATO

VÍDEO: Após dois golpes em banco de Cajazeiras, advogado mostra como vítimas devem buscar seus direitos

FIQUE POR DENTRO

Radialista sousense fala das condenações de ex-prefeitos e visita da PF na casa de empresário no Sertão

6ª EDIÇÃO DO EVENTO

VÍDEO: Mesa Redonda da Faculdade Santa Maria discute direitos e diversidade humana; veja como participar

VÍDEO

Chico Mendes diz que pode dividir palanque com Cleide e dispara: “Tô pronto para disputar com Paula”