header top bar

section content

Militares temem falta de combustível e criticam decreto de Temer

Comandantes das Forças Armadas têm receio de que não consigam atuar contra os grevistas por vários dias seguidos

Por Notícias ao Minuto

26/05/2018 às 08h18

© Marcos Corrêa/PR

O decreto que autoriza o uso de Forças Armadas na desobstrução de vias fechadas pelos caminhoneiros grevistas, publicado pelo governo na última sexta-feira (25), causou preocupação entre militares.

Comandantes do Exército, Marinha, Aeronáutica e Polícia Rodoviária Federal têm receio de que os próprios estoques de combustível não permitam atuação contra os manifestantes por vários dias seguidos.

Ao decidir pela intervenção, o presidente seguiu conselho do general Sérgio Etchegoyen, do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência, e do ministro Raul Jungmann, do Ministério da Segurança Pública, mas ignorou apelos de lideranças das forças federais.

Procurado, o Palácio do Planalto alegou que o receio “não tem procedência” já que, segundo o governo, o Exército tem combustível suficiente para a operação anunciada pelo presidente Michel Temer.

Fonte: Notícias ao Minuto - https://www.noticiasaominuto.com.br/politica/597875/militares-temem-falta-de-combustivel-e-criticam-decreto-de-temer

Recomendado para você pelo google

BOA NOTÍCIA

Hospital Universitário de Cajazeiras passa a oferecer novos serviços para a população do Alto Sertão

REVOLTA

VÍDEO: ‘Só quem odeia Lula o quer preso, como se ele fosse um bandido perigoso’, diz jornalista

VÍDEO

“Sou liderança forte, mas estou abandonado”, declarou Gobira ao vivo sobre grupo de Carlos Antonio

VÍDEO!

Padre cajazeirense responde a cantor gospel que atacou Nossa Senhora: “Nossos pêsames a esse cantor”