header top bar

section content

MARANHÃO DIZ QUE GREVE É DE TODOS: ‘Pedro Parente não deveria ter sido colocado na Petrobrás’

O senador, Maranhão criticou a falta de resposta em tempo hábil do governo.

Por Redação Diário

28/05/2018 às 05h39 • atualizado em 30/05/2018 às 19h42

Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

O senador José Maranhão (MDB) comentou nessa segunda (28) a atual situação do país com greves.

Mesmo sendo correligionário do presidente Michel Temer, Maranhão criticou a falta de resposta em tempo hábil do governo. “Se o governo tivesse agido a tempo a situação não estaria assim”. E alertou que o que deveria ser um protesto apenas da classe dos caminhoneiros, se estendeu para todo o povo: “Essa greve não é mais dos caminhoneiros, mas também de todos os brasileiros”.

O senador diz que toda a população paga muitos tributos e que isso “põe em risco o dia a dia da nossa rotina”. A falta de ação de políticas de crescimento da Petrobrás piora o cenário: “Há mais de 20 anos que não conclui projeto de novas refinarias. Temos que comprar combustível em outros países, pagando em dólar”.

Para Maranhão, o presidente da estatal, Pedro Parente, foi uma escolha equivocada: “Ele não deveria nem ter sido colocado lá”.

PORTAL DIÁRIO com Polêmica Paraíba

PLANOS E METAS

VÍDEO: Cantor explica como pretende administrar o Atlético e declara que o problema do clube é político

CAMPEONATO PARAIBANO 2019

VÍDEO: Após vistoria técnica, representantes da CBF elogiam o estádio Perpetão: “É um dos melhores”

A ARTE DO CORPO

VÍDEO: Bailarino que dá aula de dança em Cajazeiras fala da sua trajetória e de projetos para a cidade

MÚSICA AO VIVO

VÍDEO: Sucesso no Nordeste, cantor interpreta grandes bandas nacionais e internacionais no Xeque-Mate