header top bar

section content

Técnico de enfermagem é preso suspeito de estuprar mulher dentro de secretaria de saúde no Ceará

Mulher relatou para a polícia que o estupro ocorreu no início deste mês em Itapajé. O homem foi preso temporariamente.

Por Ceará 1 com G1CE

21/03/2019 às 10h43

Segundo a denúncia, o estupro aconteceu na Secretaria Municipal de Saúde de Itapajé. (Foto: Reprodução/Google)

Um técnico de enfermagem foi preso nesta quarta-feira (20) suspeito de estuprar uma mulher de 26 anos dentro das dependências da Secretaria Municipal de Saúde de Itapajé, na Região Norte do Ceará.

De acordo com a titular da Delegacia Municipal de Itapajé, delegada Rogéria Sousa, a vítima contou em depoimento para a polícia que, no início do mês deste mês, dentro da secretaria, o técnico de enfermagem teve relação sexual contra a vontade dela.

“Recebemos essa informação por meio de depoimento. Logo em seguida, iniciamos as investigações dentro da unidade. Colhemos algumas informações e, depois de observar indícios, decidimos efetuar a prisão do suspeito de maneira temporária”, afirmou a delegada.

Rogéria Sousa reforçou que as investigações continuam, pois, o objetivo da polícia é conseguir mais provas contra o suspeito.

O homem está preso temporariamente e será indiciado pelo crime de estupro. Ele está à disposição da Justiça.

Fonte: Ceará 1 com G1CE - https://g1.globo.com/ce/ceara/noticia/2019/03/21/tecnico-de-enfermagem-e-preso-suspeito-de-estuprar-mulher-dentro-de-secretaria-de-saude-no-interior-do-ceara.ghtml

Tags:

Recomendado para você pelo google

ESPECIAL DE PÁSCOA

VÍDEO: TVDS exibe programa ‘Mensagem de Fé com Frei João Batista’ em especial de Semana Santa

FÉ E DEVOÇÃO

Sexta-feira Santa em Cajazeiras é marcada por várias celebrações religiosas e grande número de fiéis

SAÚDE

VÍDEO: Xeque Mate fala sobre a obesidade e médica endocrinologista tira dúvidas sobre a doença; Veja!

SEMANA SANTA PARA OS EVANGÉLICOS

VÍDEO: Pastor fala sobre significado da Páscoa para os protestantes: “É o sacrifício e a libertação”