header top bar

section content

Empregada doméstica é assassinada pelo ex-companheiro com golpes de faca no Ceará

Segundo a polícia, pedreiro é autor do crime e está internado.

Por Ceará 1 com G1CE

11/04/2019 às 13h54

Micaele não resistiu aos ferimentos no pescoço e peito e morreu no local. Ela deixa dois filhos (Foto: Arquivo Pessoal)

Uma empregada doméstica de 28 anos foi assassinada a golpes de faca na madrugada desta quinta-feira (11), no município de Novo Oriente, no Sertão do Crateús do Ceará. Segundo a polícia, o ex-companheiro dela arrombou a casa, matou a mulher e foi encontrado ferido ao lado do corpo.

Segundo a Polícia Militar, Maria Micaele Teixeira de Oliveira foi atingida na região do pescoço e costas. A polícia investiga se o ex-companheiro da vítima tentou tirar a própria vida após assassinar Micaele.

A polícia apurou que quem acionou a polícia foi o vizinho da empregada, logo depois de ouvir gritos. Quando a equipe da PM chegou, a mulher já estava morta e o suspeito ferido ao lado dela.

O suspeito foi socorrido com vida para o hospital de Novo Oriente e transferido para uma Unidade de Saúde de Crateús, cidade 55 km distante do local do crime. Segundo a polícia, ele deve ser ouvindo assim que tiver alta.

Micaele deixou dois filhos de um relacionamento anterior. Testemunhas disseram que ela já havia sido agredida pelo ex, chegando a ser levada para o hospital. Os dois estavam separados.

Fonte: Ceará 1 com G1CE - https://g1.globo.com/ce/ceara/noticia/2019/04/11/empregada-domestica-e-assassinada-pelo-ex-companheiro-com-golpes-de-faca-no-ceara.ghtml

Recomendado para você pelo google

QUE VENHA!

VÍDEO! Profeta da chuva revela a previsão para o inverno no Sertão da Paraíba: “Serão 9 meses de chuva”

POLÊMICA

VÍDEO: Vereador cobra a convocação do concurso de Cajazeiras: ‘Era de urgência e o prefeito não convoca’

VÍDEO

Deputado cajazeirense abre o jogo e revela com quem fica após o racha no PSB da Paraíba

EDUCAÇÃO

VÍDEO: Xeque Mate fala sobre tradicional colégio de Cajazeiras e recebe diretora, professoras e alunas