header top bar

section content

Esperança e fé: Definida programação da tradicional procissão de São Sebastião. Veja!

A programação oficial se inicia segunda-feira (11), com procissão e se encerrará no dia 21 com o retorno da imagem de São Sebastião para a capela da Pedra.

Por

10/01/2016 às 15h35

Definida programação completa da tradicional procissão de São Sebastião

Foi definida a programação da tradicional Romaria de São Sebastião, na cidade de Ipaumirim, estado do Ceará.  Milhares de católicos de vários municípios cearenses e estados do Nordeste participam do tradicional louvor a São Sebastião.

A programação oficial se inicia segunda-feira (11), com procissão e se encerrará no dia 21 com o retorno da imagem de São Sebastião para a capela da Pedra.

No encerramento da festa sempre acontece a celebração da tradicional missa no alto da Pedra de São Sebastião, no Sítio Serrote, local que virou ponto de peregrinação.

Veja programação:
Dia 11/01/2016 (segunda-feira) 17:00h: Procissão com a imagem de São Sebastião, da Pedra para a Igreja Matriz. Ao chegar à Igreja, hasteamento da bandeira da festa, Novena e Missa. 

De 12 a 19/01/2016 19:00h: Novena e Missa; 

Dia 18/01/2016 (segunda-feira) 17:00h: Reinauguração do Arco de São Sebastião;

Dia 20/01/2016 (quarta-feira) 07:00h: Missa na Pedra de São Sebastião; 10:00h: Missa Solene na Igreja Matriz; 17:30h: Procissão com a Imagem de São Sebastião pelas principais ruas da cidade, bênção do Santíssimo Sacramento e show pirotécnico. 

Dia 21/01/2016 (quinta-feira) 17:00h: Retirada da bandeira e retorno da Imagem de São Sebastião para a capela da Pedra.

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
VISITA TÉCNICA

Após reclamações, vereadores constatam muitos veículos quebrados na garagem da prefeitura de Cajazeiras

LAMENTÁVEL

LAMENTÁVEL: vigilante morre assassinado a tiros ao reagir a assalto em posto de combustíveis em Sousa

ELEIÇÃO DA FEDERAÇÃO

VIXE: Para Aldeone, falta de apoio a Arlan Rodrigues na FPF foi covardia e Cajazeiras está “ensinando a Paraíba a trair”

CRÍTICA E CONSELHO

Jornalista diz que rádio de Cajazeiras está ultrapassado e precisa repensar conteúdo para não ‘morrer’