header top bar

section content

Mato Grosso

O menor é estudante de uma escola no centro da cidade, e o mesmo havia sido detido no dia anterior onde estava disseminado mensagens de massacre a escolas, mensagens essas de março de 2018. O Chefe de Operações relatou que o menor detalhou o ocorrido, onde o mesmo se encontrava em um estabelecimento comercial e […]

Por Jocivan Pinheiro

23/10/2019 às 16h19

O menor é estudante de uma escola no centro da cidade, e o mesmo havia sido detido no dia anterior onde estava disseminado mensagens de massacre a escolas, mensagens essas de março de 2018.

O Chefe de Operações relatou que o menor detalhou o ocorrido, onde o mesmo se encontrava em um estabelecimento comercial e notou a vítima que se encontrava embriagado, a vítima se retirou do local e foi seguido pelo menor, ao chegar na rua D. Pedro II a vítima sentou para descansar, momento esse que o menor o surpreendeu e o matou a marteladas na cabeça e na face, não satisfeito pegou um canivete abriu a barriga da vítima e o degolou, relatando ainda aos Policiais que só não arrancou o olho da vítima por não dar tempo, se evadindo do local em seguida.

O Chefe de Operações agradece o empenho de todos da PJC de Paranatinga que mesmo em seus dias de folga se empenharam ao máximo em solucionar o crime, ressaltando que neste e no assassinato anterior, em ambos os casos foram solucionados em poucos dias pela PJC de Paranatinga.

Tags:

Recomendado para você pelo google

ESTELIONATO

VÍDEO: Após dois golpes em banco de Cajazeiras, advogado mostra como vítimas devem buscar seus direitos

FIQUE POR DENTRO

Radialista sousense fala das condenações de ex-prefeitos e visita da PF na casa de empresário no Sertão

6ª EDIÇÃO DO EVENTO

VÍDEO: Mesa Redonda da Faculdade Santa Maria discute direitos e diversidade humana; veja como participar

VÍDEO

Chico Mendes diz que pode dividir palanque com Cleide e dispara: “Tô pronto para disputar com Paula”