header top bar

section content

Paraibano suspeito de matar avô no Brejo é preso no Rio de Janeiro após visitar Complexo do Alemão

A prisão aconteceu em parceria entre as polícias da Paraíba e Rio de Janeiro, através de cruzamento de dados

Por Redação Diário

29/10/2020 às 11h01 • atualizado em 29/10/2020 às 11h05

Um paraibano de 18 anos foi preso nessa quarta-feira (28) no Rio de Janeiro, suspeito de ter matado o avô, de 83 anos, no mês de agosto em Alagoa Grande, município do Brejo paraibano. A motivação do crime seria a aposentadoria da vítima.

Identificado como Natanael Ferreira Borges, o suspeito se mudou para o Rio de Janeiro desde a morte do avô, onde começou a trabalhar no comércio local. No Rio, ele já estava sendo monitorado pela Polícia, por frequentar o Complexo do Alemão por conta de um relacionamento amoroso.

A prisão aconteceu em parceria entre as polícias da Paraíba e Rio de Janeiro, através de cruzamento de dados, além de informações do Disque Denúncia. Sua localização foi descoberto e ele foi preso em sua casa, enquanto lanchava.

PORTAL DIÁRIO

OPINIÃO

VÍDEO: Jornalista fala sobre a vacina do Coronavac e destaca a importância do Instituto Butantan

CUIDADO

VÍDEO: Durante novenário, em Ipaumirim, Padre pede que fiéis fiquem atentos a pandemia do coronavírus

NOVA ONDA

VÍDEO: Senador Ney Suassuna acredita que deve haver lockdown com segunda onda de Covid-19 no Brasil

INADMISSÍVEL

VÍDEO: Nilvan Ferreira diz que foi vítima de racismo e chamado de ‘macaco’ na eleição em João Pessoa

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!