header top bar

section content

Mais um: jovem é atingido com tiro e morre horas depois de ser socorrido para o Hospital

A vítima foi socorrida para o Hospital Regional de Sousa em estado grave e horas depois não resistiu aos ferimentos e veio a óbito

Por

19/10/2015 às 07h29

Jovem foi socorrido para o Hospital Regional de Sousa (Foto: ilustrativa/internet)

O jovem Tafarel Alves Virgínio, conhecido também como “Tafinha”, que tinha 25 anos, morreu durante a madrugada da segunda-feira (19), no Hospital Regional de Sousa, após ter sido atingido com um tiro por volta das 21:40h do domingo (18), na Rua do Arame, no conjunto habitacional conhecido como as Quarenta Casas, próximo ao Conjunto Mutirão em Sousa..

Conforme informações da Polícia Militar, na tarde do domingo (18), a vítima teve uma discussão com um homem e a noite os dois voltaram a se encontrar e o acusado que não foi identificado praticou o crime. A vítima que foi atingida com um tiro no tórax, foi socorrida para o Hospital Regional de Sousa em estado grave e horas depois não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

Veja também:

?Mais um jovem é morto a tiros em Sousa; foi o segundo crime em apenas oito horas. Veja

?Jovem é assassinado com vários tiros; polícia procura acusados. Fotos e vídeo!

O acusado após cometer o delito fugiu tomando rumo ignorado. A polícia foi informada do ocorrido e já identificou o acusado que está sendo procurado pela polícia. Esse é o 13º homicídio registrado na cidade de Sousa no ano de 2015, superando os anos anteriores de 2014 e 2013.

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:

Recomendado para você pelo google

MODELOS DE SUCESSO

VÍDEO: Empresários do Pará interessados em implantar TV A CABO visitam Netline e TV Diário do Sertão

DUAS CONDENAÇÕES

VÍDEO: Comentarista afirma que Lula vai morrer em breve porque “não aguenta mais tanta humilhação”

DIRETO AO PONTO

VÍDEO: Novas nomeações em Cajazeiras são resultado das ‘pazes’ entre Jeová e Júnior, diz comentarista

PISO SALARIAL NACIONAL

VÍDEO: Em reunião acalorada, agentes de saúde cobram da Prefeitura de Cajazeiras as progressões do PCCR