header top bar

string(13) "diario-sertao"

section content

Secretário de RC garante mais 600 policiais na PB e revela: “Sousa terá mais que Cajazeiras”

Ele disse que Sousa receberá mais policiais do que Cajazeiras, pois o quadro atual a terra do Padre Rolim tem um efetivo maior.

Por

04/09/2015 às 15h28

Cláudio Lima falou sobre o clima de insegurança na cidade de Sousa.

O secretário de Segurança da Paraíba, Cláudio Lima prestou entrevista nessa quinta-feira (03), a TV Diário do Sertão e falou sobre o clima de insegurança na cidade de Sousa.

De acordo com o secretário, a segurança não pode ser cobrada apenas do soldado que está na rua não, pois muitos órgãos estão envolvidos, inclusive o cidadão.

Aumento 
Sobre aumento de quadro, ele disse estar em andamento, pois o governo não teve como contratar todos de uma vez. “Estão sendo chamados os agentes, depois serão chamados os motoristas”.

O secretário informou que até dezembro deste ano, a Polícia Militar da Paraíba ganhará reforço de 600 novos integrantes, sendo 520 PM´s e 80 bombeiros. “Estão em formação e será um reforço muito bom”.

Ele disse que Sousa receberá mais policiais do que Cajazeiras, pois o quadro atual a terra do Padre Rolim tem um efetivo maior.

Maioridade
Cláudio Lima disse ser contra o atual projeto da redução da maioridade penal. “Do jeito que está não sou a favor. Não adianta mudar a lei apenas para o menos, tem que mudar o Código de Processo Penal e tornar as leis mais ágeis”.

Ele declarou que o legislativo não pode levar na brincadeira um assunto polêmico como este. 

Veja reportagem da TV Diário do Sertão!

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
BLACK FIADO

VÍDEO: Conheça a versão mais popular da Black Friday que agita o comércio de Cajazeiras durante 30 dias

DESTAQUES DA SEMANA

VÍDEO: Repercussão da entrevista de José Aldemir encabeça as polêmicas do Direto ao Ponto desta terça

PROGRAMA DE MÚSICA

VÍDEO: Confira as novidades que vêm aí na nova temporada do Acústico Diário com cantor cajazeirense

VÍDEO

Secretário responde a sindicato e diz que acusações contra prefeito de Cajazeiras podem parar na Justiça