header top bar

section content

Deputado Jeová Campos parabeniza equipe da SES por viabilizar implantação do teste do pezinho

Segundo Jeová, o teste vai começar a ser implantado, já a partir de maio, assim que acabar o treinamento da equipe que será responsável pela realização dos mesmos.

Por Redação Diário

13/04/2021 às 16h09

Com o teste do pezinho ampliado mais doenças poderão ser identificadas precocemente

“Quero parabenizar toda equipe da Secretaria Estadual de Saúde, nas pessoas de Dr. Geraldo Medeiros, de Renata e do secretário executivo, Daniel Beltrami que mesmo em meio a essa pandemia tocaram, em paralelo, um projeto de grande relevância que é o do Teste do Pezinho Ampliado que vai possibilitar que o filho do pobre tenha as mesmas condições que os filhos dos ricos de identificar doenças de forma precoce, ao nascer”, disse o deputado estadual Jeová Campos, durante sessão remota da ALPB, nesta terça-feira. O parlamentar se referia a Lei Nº 11566, que assegura aos bebês nascidos em hospitais e maternidades da rede pública de saúde da Paraíba o direito ao teste de triagem neonatal, na sua modalidade ampliada. A iniciativa desta ação foi do deputado cajazeirense.

Segundo Jeová, o teste vai começar a ser implantado, já a partir de maio, assim que acabar o treinamento da equipe que será responsável pela realização dos mesmos. “A equipe de saúde que vai operacionalizar esse teste passará por treinamento que será realizado no final de abril e começo de maio, de forma que acredito que até final de maio os testes já possam começar a ser realizados”, disse o deputado, lembrando que no final do ano passado essa ação ganhou um reforço significativo para ser viabilizada, através da destinação de parte de R$ 500 mil oriundos de Emenda de Bancada Impositiva dos deputados federais da Paraíba.

Atualmente, o teste do pezinho disponibilizado na rede pública diagnostica apenas seis doenças e com a ampliação ele poderá identificar até 30 patologias. “Com o teste ampliado será possível diagnosticar precocemente várias doenças, proporcionando um tratamento eficiente e imediato, o que por si só, contribuirá para o progresso da saúde pública do Estado e também resultará numa substancial racionalização dos gastos públicos com a assistência médico-hospitalar, já que a maioria dos pacientes atingidos pelas doenças termina toda a sua vida sob os cuidados do SUS gerando um ônus financeiro nada desprezível. Com esses testes feitos de maneira precoce haverá condições de minimizar isso”, lembra o parlamentar.

O teste do pezinho ampliado vai tornar possível o diagnóstico precoce das seguintes patologias: Fenilcetonúria e outras aminoacidopatias, Hipertireoidismo congênito, Hiperplasia Adrenal, Galactosemia, Deficiência de Biotinidase, Toxoplasmose Congênita, Deficiência de G6PD, Fibrose Cística, Anemia Falciforme e outras Hemonoglobinopatias e Leucinos. No Distrito Federal, que hoje é referência em Teste do Pezinho Ampliado, são feitas, em média, 400 novas consultas de primeira vez no Centro de Referência de Doenças Raras da Secretaria de Saúde. A Paraíba será o primeiro estado do Nordeste a disponibilizar esse teste na rede pública.

COVID-19

VÍDEO: Secretário executivo de saúde mostra preocupação com aumento de pessoas internadas na Paraíba

VIOLÊNCIA

VÍDEO: Mãe se desespera ao ver corpo do filho que foi assassinado a tiros em Sousa

SITUAÇÃO COMPLICADA

VÍDEO: Quase 300 pessoas podem ficar desempregadas em Cajazeiras, após decreto de Zé Aldemir, afirmam empresários

FALTA DE EDUCAÇÃO

VÍDEO: Padre de Cajazeiras diz que número de mortes na pandemia é resultado da ‘deseducação’ das pessoas

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!