header top bar

section content

MPF detalha atuação da quadrilha presa na Operação Andaime; 18,3 milhões foram desviados

Entre os crimes praticados estão corrupção ativa e passiva, falsificação de documento público, lavagem de dinheiro, entre outros.

Por

10/08/2015 às 09h42

Tiago Misael, procurador federal do Ministério Público Federal (Foto: Charley Garrido)

A reportagem do Portal e TV online Diário do Sertão entrevistou nesta segunda-feira (10) o procurador federal do Ministério Público Federal (MPF) da cidade de Sousa, Tiago Misael. O magistrado falou com exclusividade sobre a atuação da quadrilha que foi desarticulada durante a Operação Andaime, deflagrada em 26 de junho de 2015, numa ação conjunta do MPF, Controladoria Geral da União e Polícia Federal.

De acordo com o MPF,  os envolvidos eram especializados em fraudar licitações em obras e serviços de engenharia executados por 16 prefeituras do Alto Sertão da Paraíba. Estima-se que o grupo tenha desviado R$ 18,3 milhões de verbas federais.

Até o presente momento, as investigações indicam que a organização criminosa vinha atuando, pelo menos, desde 2009, desviando recursos federais através de irregularidades em licitações e contratos públicos, em especial a montagem de procedimentos licitatórios e a venda de notas fiscais. Os crimes também incluem lavagem de dinheiro através de empresa fantasma.

Leia mais

MPF e PF desarticulam quadrilha que fraudou licitações de prefeituras; Cajazeiras está na lista

Operação Andaime chega a 49 acusados por prática de 223 crimes em CZ e região. Veja!

Somando as três denúncias oferecidas pela Procuradoria da República até o momento, são 223 delitos praticados, atingindo os municípios de Joca Claudino, Bernardino Batista e Cajazeiras. Ao todo, já são 49 acusações contra 39 pessoas. Há acusados citados em mais de uma denúncia.

Entre os crimes praticados estão corrupção ativa e passiva, falsificação de documento público, lavagem de dinheiro, peculato e fraude licitatória, organização criminosa, dentre outros.

As íntegras das denúncias poderão ser acessadas através do Portal da Transparência do Ministério Público Federal no endereço: www.transparencia.mpf.mp.br, acesse e consulte os nomes dos investigados.
 
Confira a íntegra das denúncias:

Ação Penal nº 0000732-20.2015.4.05.8202
Ação Penal nº 0000476-69.2015.4.05.8202
Ação Penal nº 0000478-39.2015.4.05.8202

Assista à reportagem da TV Diário do Sertão!

?DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:

VÍDEO: Psicologia no Ar recebe diretores e psicóloga de organização que promove cidadania em Cajazeiras

NOVIDADES

Xeque-Mate visita lançamento do novo plano da Eletrosorte, que firmou parceria com gigante dos seguros

FUTEBOL DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Dirigentes e ex-jogadores relembram histórias marcantes do Duque de Caxias, que completou 50 anos

VÍDEO: Programa de rádio que é sucesso na região de Campina fecha parceria com emissora de Cajazeiras