header top bar

string(13) "diario-sertao"

section content

Policiais do 14º Batalhão de Sousa são preparados para agir em duplas e sob diversas situações. Confira!

O Curso de Táticas Policiais em Dupla constitui-se como uma das variadas medidas tomadas pelo atual Comando do 14º BPM

Por

22/07/2015 às 17h28

Curso de Táticas Policiais em Dupla para o efetivo operacional do 14º BPM

O Comandante do 14º Batalhão de Polícia Militar de Sousa, Major Rômulo Ferreira de Araújo, juntamente com o subcomandante, Capitão Esaú de Lucena Barbosa, estão promovendo, durante os dias 22 e 23 de julho, um curso de Táticas Policiais em Dupla para o efetivo operacional do 14º BPM.

O curso pretende aprimorar a técnica dos policiais militares que diariamente estão em contato direto com as ocorrências registradas na área da unidade operacional. Todos os componentes da unidade serão submetidos ao referido curso, entretanto, nesta primeira etapa estão sendo capacitados trinta militares estaduais.

Entre os instrutores que estão repassando os seus conhecimentos aos policiais em treinamento, encontram-se os Capitães Urach e Porfírio, dois policiais militares que possuem preparo técnico-profissional para a situação.

O Curso de Táticas Policiais em Dupla constitui-se como uma das variadas medidas tomadas pelo atual Comando do 14º BPM, centralizadas na capacitação dos profissionais de segurança pública, bem como na melhoria da prestação do serviço de segurança pública, e na redução dos índices de criminalidade, sempre em busca de uma sociedade mais pacífica para a população.


 

DIÁRIO DO SERTÃO com Seção de Relações Públicas e Humanas do 14º BPM

Tags:
BLACK FIADO

VÍDEO: Conheça a versão mais popular da Black Friday que agita o comércio de Cajazeiras durante 30 dias

DESTAQUES DA SEMANA

VÍDEO: Repercussão da entrevista de José Aldemir encabeça as polêmicas do Direto ao Ponto desta terça

PROGRAMA DE MÚSICA

VÍDEO: Confira as novidades que vêm aí na nova temporada do Acústico Diário com cantor cajazeirense

VÍDEO

Secretário responde a sindicato e diz que acusações contra prefeito de Cajazeiras podem parar na Justiça