header top bar

string(13) "diario-sertao"

section content

Menor grava vídeo de sexo com menina de 13 e imagens vazam no WhatsApp. Veja!

A menina foi ouvida nessa quarta-feira (08) e será submetida a exame sexológico para comprovar a materialidade carnal. Veja!

Por

09/07/2015 às 17h50

O delegado da cidade de Itaporanga, Sertão do Estado, José Pereira falou com exclusividade ao Portal Diário do Sertão sobre o vídeo de sexo dos adolescentes de 13 e 17 anos que vazou no WhatsApp.

José Pereira revelou que em depoimento, a menina de 13 anos assegurou que não sabia que estava sendo gravada pelo namorado. 

A autoridade policial informou que ainda não sabe como o vídeo vazou, mas vai ouvir o menor de 17 anos para entender o caso. “Ela diz que não sabia. Vamos ver”.

Ele contou que a menina ainda denunciou o namorado por ter lhe oferecido bebida alcoólica antes da relação sexual.

Punição
José Pereira informou que será feito o procedimento legal quanto a bebida alcoólica, estupro a vulnerável e o vazamento das imagens. “Vou ver tudo isso no Código Penal”

Ouça o delegado falando sobre o caso!

Entenda
O vídeo de uma transa entre um casal de adolescentes da cidade de Itaporanga, no Sertão do Estado, vazou no WhatsApp e o caso foi parar na delegacia.

Segundo informações da polícia, o vídeo foi produzido pelo namorado da menina. O adolescente tem 17 anos e a menor apenas 13. No vídeo não aparece o rosto do rapaz somente da menina.

Leia também:

?Fotos e vídeos de duas jovens nuas vazam no WhatsApp; uma é da região de Cajazeiras

?Virou febre: Vídeo de Maria Calado com Dona Nena na TVDS é exibido em rede nacional

?Casal é flagrado nu próximo a Câmara de vereadores de Cajazeiras fazendo sexo

Ao tomar conhecimento do caso, a mãe da jovem levou o caso à Promotoria da Infância e Juventude, que determinou ao delegado José Pereira a apuração do caso.

A menina foi ouvida nessa quarta-feira (08) e será submetida a exame sexológico para comprovar a materialidade da conjunção carnal, o que caracteriza estupro a vulnerável.

O adolescente será intimado para prestar depoimento. Segundo o delegado, ele vai responder por estupro e também pela exposição pública da vítima. O rapaz também é acusado de dar bebida alcoólica à adolescente antes de transar com ela.

O caso deixou a família da menina muito constrangida, mas a mãe, que acompanhou a adolescente na delegacia, quer que o acusado seja punido por considerar inaceitável e criminoso o que ele fez com sua filha.

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
CLUBE VIVE IMPASSE

VÍDEO – Representante do Atlético em reunião da FPF apresenta fórmula para participar do Paraibano 2019

VÍTIMA DA DIABETES

VÍDEO: Ameaçada de perder o segundo pé, idosa de Cajazeiras pede ajuda para adquirir sandália especial

ASSISTA

VÍDEO: ‘Mensagem de Esperança’ debate o mundo e o mal, sexo e outros temas

PARTICIPE!

VÍDEO: Gerente do Sebrae fala de revolução tecnológica em feira de Cajazeiras e convida empreendedores