header top bar

string(13) "diario-sertao"

section content

ABSURDO! Homem arma emboscada para ex e acaba matando a sogra por engano

Suspeito fugiu após o crime; ele queria matar a ex-namorada, segundo a polícia

Por

16/06/2015 às 08h04

Homem não aceitava o fim do relaciomento (Foto: Rede Record)

Cilineia Roth, de 50 anos, morreu após ser atacada com golpes de faca dentro de casa, em Campo Grande, zona oeste do Rio. O principal suspeito do crime é Edmilson Correia de Oliveira Junior, de 25 anos. O frentista é ex-genro da vítima e está foragido.

Segundo a polícia, o suspeito errou o alvo. Edmilson queria matar a ex-namorada por não aceitar o fim do relacionamento. 

A jovem, que prefere não se identificar, contou que Edmilson pulou o muro da casa da família e ficou escondido atrás do portão. Ele esperava pela ex, mas a mãe dela chegou antes. Segundo a filha, a  vítima foi surpreendia por um ataque de fúria do suspeito.

— Só ouvi dois gritos. Minha mãe gritando "socorro" e dizendo "sai daqui, monstro". Eu fiquei desesperada

Num áudio registrado pela jovem, Edmílson confessa o crime. Ele disse "fui aí para te pedir perdão, para voltar para você. Você acabou com a minha vida, cara. Não foi isso, cara. Ela veio de encontro a mim, cara. Eu não queria ter matado ela, pelo amor de Deus". A gravação foi entregue à polícia. 

O casal chegou a morar junto por seis meses. A jovem contou que decidiu se afastar do rapaz por acreditar que ele fosse usuário de drogas. Ele teria ficado ainda mais ciumento após descobrir que a ex havia iniciado um novo romance.

— Só vou ficar em paz quando estiver preso.

R7

Tags:
ASSISTA

VÍDEO: ‘Mensagem de Esperança’ debate o mundo e o mal, sexo e outros temas

PARTICIPE!

VÍDEO: Gerente do Sebrae fala de revolução tecnológica em feira de Cajazeiras e convida empreendedores

PLANOS E METAS

VÍDEO: Cantor explica como pretende administrar o Atlético e declara que o problema do clube é político

CAMPEONATO PARAIBANO 2019

VÍDEO: Após vistoria técnica, representantes da CBF elogiam o estádio Perpetão: “É um dos melhores”