header top bar

section content

Doente, sem dinheiro para comprar remédio e alimento, mulher denuncia advogado por ameaçá-la de morte

Ela negociou com o advogado sua aposentadoria, mas disse que passou a ser cobrada de altos valores, além de ser ameaçada de morte. Confira o vídeo!

Por

27/01/2015 às 19h35

A agricultora Inês Pereira da Silva denunciou nesta terça-feira (27), o suposto advogado identificado por José Leonardo, que atua na cidade de Cajazeiras por ameaçá-la. Ela contou que entrou com uma ação na justiça após ter conhecimento que sofria de hérnia de disco.

De acordo com a agricultora, o advogado foi levado até sua residência em Cajazeiras por uma Agente de Saúde, que intermediou a negociação.

Passado algum tempo e sem ter dinheiro para pagar seus medicamentos, Inês procurou José Leonardo para saber do andamento da ação, que em seguida foi informada que havia sido aprovado o benefício, inclusive que ela estava com R$ 9 mil para receber, mas tinha que dividir ao meio.

“Ele passou uma conta para que eu depositasse a metade do dinheiro e fiz isso, mas depois ele disse que tinha um carnê para eu continuar pagando”. Revelou a mulher

A cajazeirense informou que se dirigiu ao Ministério Público e foi encaminhada para a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), onde registrou uma queixa, porém, passou a ser ameaçada.

“Ele veio a minha a casa a noite e disse que estava sem arma, daí eu perguntei qual era a intenção dele”. Denunciou Inês

A agricultora disse que o suposto operador do Direito a ameaçou mais uma vez, pois queria que ela retirasse a queixa na OAB: “Questão de rico com pobre não dá certo porque só carro eu tenho oito e a senhora tenha cuidado”.

Inês procurou a Delegacia porque ficou com muito medo das ameaças. “Fiquei muito nervosa porque ele disse que eu me arrependeria”.

Ela informou que ainda chegou a pagar 18 parcelas de R$ 160,00, mas não tem como continuar, pois seus remédios são muito caros. “Tenho muito medo dele, mas não tenho como pagar não. Ainda faltam 15 parcelas. Ele ameaçou até minhas filhas e me humilhou”.

Sindicato
O presidente do Sindicato Rural de Cajazeiras, Rildo Soares disse que foi procurado por vários agricultores, mas quando pede que eles procurem a Delegacia desistem de denunciar.

Rildo Soares se dispôs a ajudar os agricultores que se sentirem lesados por advogados. “Estamos prontos para orientar a todos. Estamos aqui a disposição”.

O outro lado
A reportagem procurou o advogado citado pela dennciante para falar sua versão dos fatos, mas não conseguiu localizar, e adiantamos que estamos à disposição para ouvi-lo.

Veja vídeo!

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
COM OLIVAN PEREIRA

VÍDEO: Exoneração do sobrinho de Rivelino Martins e nomeação de Maura Sobreira agitam o Direto ao Ponto

CONTRA A LIBERAÇÃO

VÍDEO: Comandante da PM de Cajazeiras vê risco de aumentar crimes domésticos e fúteis com posse de arma

EM 2020

VÍDEO: Deputado federal sugere que Chico Mendes pode ser candidato a prefeito de Cajazeiras pelo PTB

UNA FREVO 2019

VÍDEO: Com 16 atrações, destaques nacionais e percurso do frevo, carnaval da cidade de Uiraúna é lançado