header top bar

section content

Jovem tenta separar briga e acaba sendo assassinado com três tiros na cabeça na região de Cajazeiras

A Polícia Militar foi acionada e realizou diligências, mas até o momento o autor do homicídio não foi encontrado. Confira os detalhes

Por

28/10/2014 às 08h33

Jovem foi morto com três tiros na cabeça (Foto: Gilberto)

O jovem Francisco Farias de Freitas, mais conhecido como “Chico de Jota” que tinha 28 anos, foi assassinado a tiros por volta das 22:30h da última segunda-feira (27) no Sítio São Félix, no município de Bom Jesus.

De acordo com informações da Polícia Militar, houve discussão entre duas pessoas durante uma bebedeira e Chico de Jota tentou separar a briga. Revoltado, o acusado Cícero Trajano Caetano, mais conhecido como “Chapolim” efetuou vários disparos de arma de fogo contra Chico de Jota.

O jovem foi atingido com três tiros na cabeça e morreu no local. Uma equipe do Instituto de Polícia Científica (IPC) realizou perícia no local do crime e em seguida o corpo foi encaminhado pelo Rabecão até o Instituto Médico Legal (IML) em Patos para realização do exame cadavérico.

A Polícia Militar foi acionada e realizou diligências, mas até o momento o autor do homicídio não foi encontrado. A Polícia Civil está investigando o assassinato.

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
VÍDEO

Jovem jornalista estreia programa na TV e conta tudo sobre o Atlético de Cajazeiras no Paraibano 2019

PRATICIDADE NA FISCALIZAÇÃO

VÍDEO: TCE-PB inaugura espaço digital público para ideias tecnológicas de controle dos atos públicos

GRUPOS SE ENFRENTAM NA 1ª FASE

VÍDEO: Dirigentes do Sertão comentam sorteio do Paraibano 2019. Atlético enfrentará o ‘grupo da morte’

ASSISTA!

Imagens de câmeras de segurança mostram assalto a comerciante em frente a banco na cidade de Patos