header top bar

section content

Jovem tenta separar briga e acaba sendo assassinado com três tiros na cabeça na região de Cajazeiras

A Polícia Militar foi acionada e realizou diligências, mas até o momento o autor do homicídio não foi encontrado. Confira os detalhes

Por

28/10/2014 às 08h33

Jovem foi morto com três tiros na cabeça (Foto: Gilberto)

O jovem Francisco Farias de Freitas, mais conhecido como “Chico de Jota” que tinha 28 anos, foi assassinado a tiros por volta das 22:30h da última segunda-feira (27) no Sítio São Félix, no município de Bom Jesus.

De acordo com informações da Polícia Militar, houve discussão entre duas pessoas durante uma bebedeira e Chico de Jota tentou separar a briga. Revoltado, o acusado Cícero Trajano Caetano, mais conhecido como “Chapolim” efetuou vários disparos de arma de fogo contra Chico de Jota.

O jovem foi atingido com três tiros na cabeça e morreu no local. Uma equipe do Instituto de Polícia Científica (IPC) realizou perícia no local do crime e em seguida o corpo foi encaminhado pelo Rabecão até o Instituto Médico Legal (IML) em Patos para realização do exame cadavérico.

A Polícia Militar foi acionada e realizou diligências, mas até o momento o autor do homicídio não foi encontrado. A Polícia Civil está investigando o assassinato.

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
ENTREVISTA

VÍDEO: João Azevêdo garante que tem planos para fortalecer produção de leite e área da saúde em Pombal

ALÍVIO

VÍDEO: Para vice-presidente do SINDIÁGUA, eleição de João Azevêdo afasta risco de privatização da Cagepa

FASE DE 'ÓCIO'

VÍDEO: Aposentado, jornalista da PB cita ex-colegas da imprensa que ele admira e diz se pretende voltar

GOVERNADOR ELEITO

VÍDEO: Azevêdo diz que apesar de Sousa não eleger nenhum deputado, cidade terá representante no governo