header top bar

section content

Delegado Regional de Cajazeiras diz que crime na cidade é financiado por figurões: "Querem me tirar daqui, mas não vou recuar"

Gilson Teles falou sobre as dificuldades que encontrou ao assumir o posto de delegado na cidade de Cajazeiras.

Por

20/02/2013 às 19h06

O delegado regional da cidade de Cajazeiras, Gilson Teles concedeu entrevista nesta quarta-feira (20) no programa Interview comandado pelo apresentador Kaliel Conrado na TV Diário do Sertão.  Na oportunidade, Gilson falou sobre as dificuldades que encontrou ao assumir o posto de delegado na cidade de Cajazeiras.

Segundo Gilson, ao chegar em Cajazeiras, ele viu uma polícia inerte, sem investigação, nem tratamento com o povo, fato que ele afirmou que vem tentando mudar.

Vida
Gilson Teles ao longo da entrevista, falou sobre a luta de sua mãe para criá-lo junto com seus irmãos e disse que quando criança se espelhava em seus professores, já que nunca teve o apoio da figura paterna. “Minha mãe fez papel de pai e mãe. Ela me incentivou a superar todos os obstáculos que certamente viriam, até mesmo pelo fato de ser negro”, disse ele.

O delegado contou que saiu de casa cedo, prestou o primeiro vestibular para psicologia e não passou. Em seguida, fez vestibular para direito e passou, se formando na cidade Recife.

Gilson Teles no início da carreira foi delegado na cidade de Cuité, ficou por oito meses. De lá, o delegado veio para a cidade de Cajazeiras.

Política
O delegado regional disse que nunca gostou de política e que teve de enfrentar dificuldades por esse motivo. Entretanto, Gilson Teles afirmou ser “fã” do trabalho de Ricardo Coutinho como governador da Paraíba. “Ele quebrou vários paradigmas e o serviço público hoje funciona”, disse ele.

Cajazeiras
O delegado regional falou sobre as dificuldades de se realizar perícias na cidade e sobre os novos delegados que vieram para cidade.

De acordo com o delegado Gilson, o mundo do crime na cidade de Cajazeiras é financiado por grandes figuras e que talvez não queiram deixar ele terminar o biênio na delegacia regional. "No que depender de mim, fico até o final, só recuo se for pra amassar dois", disse.

Veja vídeo!

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
DE 22 A 27 DE JANEIRO

VÍDEO: Teatro Ica completa 34 anos em Cajazeiras com extensa e diversificada programação cultural

DE 2017 PARA ESTE ANO

VÍDEO: São José de Piranhas tem aumento alarmante de homicídios em 2018; confira balanço da PM na região

VIXE!

VÍDEO: Vidente detalha futuro da imprensa de Cajazeiras e prevê mortes: “Não chega às festas juninas”

É DO SERTÃO!

Cantores mirins do Vale do Piancó estão fazendo sucesso e bombando em vários estados brasileiros