header top bar

section content

Eletricista é preso com material da Energisa que seria usado para fazer "Gato". Veja vídeo

Uma equipe do Instituto de Polícia Científica (IPC) de Patos, foi acionada e realizou perícias nos locais

Por

27/09/2013 às 09h16

No início da tarde desta quinta-feira (26), o Grupo Tático Especial da Polícia Civil de Sousa, realizou a prisão de o eletricista Ismael Edson Quintiliano, de 41 anos, suspeito de realizar desvios de energia em duas residências localizadas na Rua Sady Fernandes, próximo a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher da cidade de Sousa.

Durante a abordagem, a polícia civil apreendeu grande quantidade de material de uso exclusivo da Energisa com o suspeito. “Vários fios, lacres e medidores de uso exclusivo da empresa Energisa foram encontrados dentro do carro do eletricista”, disse o delegado Dr. Sylvio Rabello.

Uma equipe do Instituto de Polícia Científica (IPC) de Patos, foi acionada e realizou perícias nos locais onde supostamente ocorreram a fraudes de energia. 

O eletricista foi preso e autuado em flagrante pelo crime de receptação, já que ele estava com materiais exclusivos da empresa Energisa, e após pagar a fiança ele foi liberado e responderá o processo em liberdade.

Os proprietários das casas onde estavam sendo instalados os prováveis “Gatos de energia” não foram localizados pela polícia civil. De acordo com a Polícia, Em 30 dias será divulgada a perícia que vai constatar se houve fraude nos medidores das casas.

Assista ao vídeo abaixo. Clique para ampliar a foto!

Veja as imagens na galeria abaixo. Clique para ampliar a foto!

Charley Garrido do DIÁRIO DO SERTÃO em Sousa

Tags:

Recomendado para você pelo google

QUE VENHA!

VÍDEO! Profeta da chuva revela a previsão para o inverno no Sertão da Paraíba: “Serão 9 meses de chuva”

POLÊMICA

VÍDEO: Vereador cobra a convocação do concurso de Cajazeiras: ‘Era de urgência e o prefeito não convoca’

VÍDEO

Deputado cajazeirense abre o jogo e revela com quem fica após o racha no PSB da Paraíba

EDUCAÇÃO

VÍDEO: Xeque Mate fala sobre tradicional colégio de Cajazeiras e recebe diretora, professoras e alunas