header top bar

string(13) "diario-sertao"

section content

"Bisavó do Tráfico" é presa com droga escondida em geladeira e em barra de sabão: "Fiado eu não vendia"

Foram apreendidos pela polícia, 11 papelotes de maconha e 12 pedras de crack dentro de uma geladeira e uma quantia de R$ 725 em dinheiro. Vídeo!

Por

18/09/2013 às 18h37

Uma operação realizada na última segunda-feira (16) prendeu a doméstica Cosma Nunes da Silva, de 65 anos, mais conhecida como a “Bisavó do Tráfico”, na cidade de Marizópolis.

De acordo com informações da Polícia, após denuncias anônimas, policiais militares agiram em conjunto com agentes do Grupo Tático Especial (GTE) da Polícia Civil, e conseguiram prender a acusada em sua residência, no bairro Queimadas na cidade de Marizópolis.

Durante uma revista realizada na casa da suspeita, a Polícia apreendeu uma pequena quantidade de crack escondido dentro de uma barra de sabão. Ainda foram apreendidos 11 papelotes de maconha e 12 pedras de crack dentro de uma geladeira e uma quantia de R$ 725 em dinheiro.

A acusada foi encaminhada até a delegacia de polícia civil de Sousa e foi autuada em flagrante pelo crime de tráfico de drogas. Na delegacia, ela confessou o crime e disse: “Eu vendia droga porque precisava de dinheiro para comprar comida. Só que fiado eu não vendia. Os viciados na droga que não tinham dinheiro para comprar eu metia a paulada e mandava ir embora”, afirmou.


                                                       Droga apreendida na casa da acusada (Foto: Diário do Sertão)

Assista ao vídeo abaixo!

Charley Garrido do DIÁRIO DO SERTÃO em Sousa

Tags:
BLACK FIADO

VÍDEO: Conheça a versão mais popular da Black Friday que agita o comércio de Cajazeiras durante 30 dias

DESTAQUES DA SEMANA

VÍDEO: Repercussão da entrevista de José Aldemir encabeça as polêmicas do Direto ao Ponto desta terça

PROGRAMA DE MÚSICA

VÍDEO: Confira as novidades que vêm aí na nova temporada do Acústico Diário com cantor cajazeirense

VÍDEO

Secretário responde a sindicato e diz que acusações contra prefeito de Cajazeiras podem parar na Justiça