header top bar

section content

Delegado diz que Cajazeirense preso no RN dizia que as pessoas tinham demônios. Áudio

O cajazeirense foi preso acusado de charlatanismo no Estado do Rio Grande do Norte.

Por

05/01/2012 às 19h16

O delegado da cidade de Apodi, no Rio Grande do Norte, Renato Oliveira, responsável pela prisão do cajazeirense Iranilson Santos da Nóbrega, conhecido por “Guardião Ogum”, de 23 anos, acusado de se passar por curandeiro para tirar dinheiro das vítimas, disse nesta quinta-feira (05), que o jovem passou a ganhar “fama”, após um programa de rádio que fazia no município, onde, prometia curas para doenças físicas e mentais.

De acordo com o delegado, Iranildo afirmava que fazia acompanhamentos psicológicos e de magia, ajudando as pessoas a se curarem do alcoolismo, das drogas e até doenças de câncer.

Renato informou que cerca de 60 pessoas caíram no golpe do charlatão, deixando um prejuízo na cidade de R$ 50 mil. “Ele dizia que ia fazer um trabalho de magia que restabeleceria a saúde da pessoa”.

Segundo o delegado, uma pessoa foi enganada nessa quarta-feira (04) e denunciou o “Guardião Ogum”, foi quando a polícia deu o flagrante no acusado. Renato informou também que o cajazeirense, usava uma bola de cristal e dizia que as pessoas tinham “encosto”, estavam com “demônios” e precisam de um trabalho para se libertar.

Veja também: Jovem de CZ é preso após se passar por curandeiro; Ele cobrava até R$1.200,00

Ouça áudio!

DIÁRIO DO SERTÃO
 

Tags:

Recomendado para você pelo google

VÍDEO

Secretário de João Azevêdo defende aproximação de Dra Paula e Zé Aldemir ao Governo estadual

BRIGA NO CARNAVAL

VÍDEO: Autoridades policiais revelam que suspeitos do crime na Vila Nova em Cajazeiras alegaram vingança

SAÚDE

VÍDEO: Mensagem Empresarial recebe médico radiologista e tira dúvidas sobre os exames por imagem

CRISE NO PSB

VÍDEO: Nonato Bandeira evita dar resposta a Ricardo por determinação de João Azevêdo: “Estamos focado no trabalho”