header top bar

section content

Filho acusado de matar pai no Sertão com 21 facadas é condenado há 20 anos de prisão

O julgamento ocorreu nessa terça-feira (22), na cidade de São José de Piranhas.

Por

23/11/2011 às 08h40

O tribunal do júri popular da cidade São José de Pirannhas se reunir nessa terça-feira (22), para o julgamento de José Fábio da Silva Lins, de 24 anos, acusado de matar o próprio pai, Francisco Gonçalves Lins, de 46 anos, com 21 facadas.

Após a prática do homicídio em São José de Piranhas, em janeiro de 2009, o acusado foragiu para Juazeiro do Norte, no Estado do Ceará, onde foi preso no mês de dezembro do mesmo mês. O crime ocorreu após uma bebedeira entre pai e filho. Fábio esperou o pai dormir para assassiná-lo, acertando 21 golpes em várias partes do corpo.

O réu foi condenado há 20 anos de prisão em regime fechado e foi transferido da cadeia de São José de Piranhas para o presídio Regional de Cajazeiras, onde cumprirá a pena.

DIÁRIO DO SERTÃO
 

Tags:

Recomendado para você pelo google

VÍDEO

“Sou liderança forte, mas estou abandonado”, declarou Gobira ao vivo sobre grupo de Carlos Antonio

VÍDEO!

Padre cajazeirense responde a cantor gospel que atacou Nossa Senhora: “Nossos pêsames a esse cantor”

SAIBA

É OU NÃO É FERIADO? Em entrevista, prefeito de Cajazeiras decide sobre o Dia de São Pedro

PROGRAMA XEQUE MATE

Em Cajazeiras, pai de Gabriel Diniz se emociona e fala com exclusividade sobre a morte do cantor