header top bar

section content

Homem "ouve voz de Satanás" e golpeia irmã com cano de ferro "para ser salvo"

Os dois estavam sozinhos na casa dela, no bairro Vila Real, em Planaltina de Goiás (273 km de Goiânia). O marido e o filho da mulher não estavam no local.

Por

31/10/2011 às 18h46

Um homem foi preso em Goiás após golpear várias vezes a irmã com um cano de ferro. Ao ser encontrado por vizinhos, por volta das 7h deste domingo (30) na casa da irmã, Enes Gomes da Silva, 41, falou que “satanás” tinha dito a ele para matar alguém, pois só assim seria salvo.

Os dois estavam sozinhos na casa dela, no bairro Vila Real, em Planaltina de Goiás (273 km de Goiânia). O marido e o filho da mulher não estavam no local. “Satanás falou que eu tinha de matar alguém para ser salvo”, foram as palavras do agressor, de acordo com o bombeiro André Vaz.

Vaz e o pai, que estavam na casa vizinha ao fato, tiveram de pular o muro e viram Silva segurando a barra de ferro e dizendo que tinha matado a irmã. A vítima estava caída, ferida.

“Ela estava consciente, mas desorientada”, relatou Vaz. O pai do bombeiro, Antônio, disse que os olhos do agressor não estavam normais. “Ele estava tranquilo, mas o olhar dele não era o que a gente costuma ver.”

A mulher foi atendida no Hospital Regional de Planaltina e encaminhada ao Hospital de Base do Distrito Federal. Ela quebrou um dedo, sofreu escoriações na cabeça e deve passar por exames neurológicos.

O acusado foi encaminhado à 31ª Delegacia de Polícia em Planaltina e deverá responder pelo crime de tentativa de homicídio qualificado, cuja pena varia de 12 a 30 anos de detenção.

Uol Notícias

Tags:
"FICOU DESPREZADA"

VÍDEO: Mulher acusa HRC de negligência no caso da morte de sua irmã após parto; hospital responde

ESTÁ NA CAPITAL DESDE 2015

EXCLUSIVO: Após três anos, lendário padre de Cajazeiras revela o que motivou sua ida para João Pessoa

AMOR E FÉ

ESPECIAL DE FÉRIAS: Crianças e adolescentes de Cajazeiras e Sousa abrilhantam programa na TV Diário

AUXILIAR DO TROVÃO

VÍDEO: Agora no Atlético-PB, ex-jogador do Corinthians está confiante em vaga no Brasileirão da Série D